Equipe

Editor

Foto: William de Moraes
Foto: William de Moraes
Marcos De Benedicto passou os primeiros anos de vida explorando os campos ao redor do sítio da família no município de Campestre, sul de Minas Gerais. Na adolescência, decidiu investir no conhecimento e foi para o IASP (hoje Unasp, campus Hortolândia), onde concluiu o ensino médio. Em seguida, cursou Teologia no IAE (Unasp, campus São Paulo). Formado, trabalhou um ano como pastor na região de Muriaé e depois Caratinga (MG), com bastante sucesso. Chamado para ser redator/editor na Casa Publicadora Brasileira, graduou-se também em Jornalismo pela Universidade Metodista de Piracicaba. Fez ainda mestrado em Teologia Bíblica pelo Unasp e doutorado em Ministério pela Universidade Andrews (EUA). Sua tese foi sobre o papel do Espírito Santo na capacitação dos crentes.

Na Casa Publicadora, ele atuou em quase todas as editorias. Durante sete anos, coordenou a área de livros denominacionais. Nesse período, teve a oportunidade de trabalhar na editoração de muitos projetos importantes, inclusive sete livros missionários, que foram distribuídos aos milhões no país e no exterior. Em maio de 2014, foi surpreendido pela sua nomeação para ser o redator-chefe da Casa Publicadora Brasileira e, assim, suceder o lendário pastor Rubens Lessa. Tornou-se também o editor da Revista Adventista.

Nas horas vagas, Marcos gosta de ler, escrever e contemplar as belezas da natureza. É autor de O Fascínio dos Milagres e O Brilho da Vida, entre outros livros. Apesar de amar ficar em casa, já teve a oportunidade de fazer algumas viagens pelo mundo, inclusive Israel. “Orar pela paz de Jerusalém junto ao Muro das Lamentações está entre as experiências gratificantes da vida”, relata. Sua felicidade é completada pela presença radiante da esposa, Luciene, e dos filhos, Tiago e Larissa.

Editor associado 

Foto: William de Moraes
Foto: William de Moraes
Wendel Lima é natural de São Paulo, onde viveu até os 18 anos. Filho de um mineiro e uma paulistana que sempre investiram em seus estudos, ele chegou a cursar o técnico em Edificações no Cefet-SP, período em que descobriu que sua inclinação era para a área de humanas e sua vocação era a pastoral. No Unasp, campus Engenheiro Coelho, estudou simultaneamente Jornalismo e Teologia e fez duas pós-graduações: Docência Universitária e Missiologia.

Ele começou seu ministério como capelão escolar em Curitiba, cidade que lhe traz boas lembranças porque foi ali que conheceu sua esposa, Angela Oliveira, com quem é casado há seis anos e teve o pequeno Gabriel. Em maio de 2009, passou a integrar a equipe da Redação da CPB, trabalhando até aqui na edição da Revista Adventista e Conexão 2.0. Gosta de ler, escrever, pesquisar, falar em público, ensinar e liderar. Seu interesse por revistas vem desde a juventude, quando folheava as páginas dos grandes periódicos nacionais procurando entender os fenômenos sociais, especialmente os religiosos. Gosta de assistir filmes, jogar futebol e viajar. Só precisa encontrar mais tempo para isso.

Editor associado 

Foto: André Martins
Foto: André Martins
Márcio Tonetti, natural de Mamborê (PR), é formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo pelo Unasp, campus Engenheiro Coelho. Na mesma instituição, cursou pós-graduação (lato sensu) em Docência Universitária. Trabalhou no Unasp por dois anos como diretor de redação da Agência Brasileira de Jornalismo (ABJ) e também como professor das disciplinas de Jornalismo Impresso, Fotojornalismo e Tópicos Emergentes. Ao longo de seis anos, atuou como assessor de comunicação da Igreja Adventista no Sul do Brasil. É especialista na área de Comunicação Empresarial pela Universidade Metodista de São Paulo. Atualmente, exerce a função de editor associado da Revista Adventista na Casa Publicadora Brasileira.

Apaixonado por objetos e livros antigos, ele guarda em sua biblioteca algumas obras que, embora não tão antigas assim, possuem um valor simbólico enorme. A lista inclui Meditações Matinais, lições da Escola Sabatina (desde a década de 1950), livros do Espírito de Profecia (como uma edição especial de O Conflito dos Séculos, premiada com duas medalhas e diploma na Exposição Farroupilha, em Porto Alegre, em 1935) e até uma Bíblia em alemão, de 1901, que pertenceu à sua bisavó. Esse pequeno acervo foi uma herança do avô paterno. Era um agricultor que levava uma vida simples e tinha pouco estudo, mas chegava a ler a Bíblia até quatro vezes no ano e nunca deixou faltar em casa sua “cesta básica espiritual”. “Esse legado que hoje guardo em minha estante como parte da herança adventista da nossa família é uma lembrança de que também preciso continuar investindo no que realmente importa”, diz Márcio.  Casado com Luci, é o feliz pai do pequeno Lucas.

Designer 

Foto: William de Moraes
Foto: William de Moraes

Eduardo Olszewski, apesar do sobrenome com sotaque polonês, é brasileiro da capital de São Paulo, onde viveu boa parte da infância e já mostrava sua vocação artística. Ainda bastante jovem, foi morar em Curitiba. Ali iniciou seus estudos e atividades profissionais na área de publicidade. Trabalhou no departamento de criação de algumas agências até ser convidado para compor a equipe de arte da Casa Publicadora Brasileira, ocupando a função de designer gráfico. Continuando os estudos, concluiu a pós-graduação em Comunicação e Semiótica.

No mundo do design, Eduardo pôde se realizar profissionalmente, aprimorando seus conhecimentos e se desenvolvendo em áreas como manipulação de imagens e infografia. Desde então, criou dezenas de capas de livros como O Grande Conflito, A Grande Esperança e Encontros com Deus. Atuou também em diversas revistas, especialmente Vida e Saúde, entre outras publicações da editora. Atualmente é o responsável pelo design da Revista Adventista. Nas horas vagas, gosta de se dedicar à fotografia e à cinematografia, além de algumas aventuras gastronômicas. É casado com Raquel, em quem encontra apoio e companheirismo em todos os momentos.