Bíblia é traduzida para mais 18 línguas

Mas desafio ainda é grande. Mais de 4.000 línguas ainda não tem nenhuma porção das Escrituras traduzida
Foto: Daniel de Oliveira
Foto: Daniel de Oliveira
Segundo dados do relatório Relatório Mundial de Tradução das Escrituras de 2013 (Global Scripture Access), concluído no final do ano passado, as Sociedades Bíblicas Unidas, em parceria com outras instituições, contribuíram para finalizar a tradução da Bíblia em 18 línguas, abrangendo uma população de aproximadamente 15 milhões de pessoas. Para dez desses idiomas, as Escrituras ganharam tradução pela primeira vez, possibilitando a pelo menos 4 milhões de leitores a oportunidade de contato com os textos bíblicos em sua língua materna. Para sete dessas traduções inéditas, a Bíblia foi disponibilizada na íntegra. Já, nos demais casos, a tradução contemplou o Novo Testamento ou apenas trechos do livro Sagrado.

De acordo com o documento, que traz dados obtidos por meio do acompanhamento dos projetos das Sociedades Bíblicas ao redor do mundo, a tradução completa da Bíblia engloba agora 511 línguas. Além disso, cerca de 1.300 línguas têm o Novo Testamento e mais de 800 dispõem de alguma parte das Escrituras. Os números são motivo de comemoração. “É muito encorajador ver o grande progresso que está sendo feito na tradução da Bíblia em mais línguas e como através desse trabalho as Escrituras estão se tornando mais acessíveis”, diz Alexander Schweitzer, diretor mundial de Tradução Bíblica das Sociedades Bíblicas Unidas.

Novos idiomas

Entre as 18 línguas contempladas com novas traduções em 2013, estão a Toba, falada na Argentina por 25.000 pessoas, a Krio, com aproximadamente 495.000 falantes, em Serra Leoa, e a Mandinga, com 1.346.000, na Gâmbia. Todas elas receberam a Bíblia completa. Outros destaques ficam por conta da língua Mongol, falada por 6.500.000 chineses, que recebeu um Novo Testamento, e a Altai, falada na Rússia, por 75.000 pessoas, com o livro de Gênesis.

Desafios 

A despeito de todos esses avanços, o desafio de tornar a Bíblia acessível a todos ainda é grande. Embora seja considerado o livro mais lido, traduzido e distribuído de todos os tempos, mais de 4.000 línguas ainda não tem tradução de nenhuma parte das Escrituras. Para reduzir esse índice, a SBU vem trabalhando, em parceria com outras entidades, para chegar a 100 traduções da Bíblia em 2015, o que envolveria um público estimado em 500 milhões de pessoas.

Acesso digital

A Biblioteca Bíblica Digital conta agora com mais de 800 traduções em 636 idiomas, falados por 4,3 bilhões de pessoas. Fonte: http://www.sociedadbiblicasunidas.org/2014/progreso-a-grandes-pasos-en-la-traduccion-biblica-y-en-el-acceso-a-escrituras-en-2013/
Fonte: SBU

Além da Bíblia no formato impresso, a Biblioteca Bíblica Digital (amplie a imagem ao lado e veja o infográfico) tem contribuído para a democratização do acesso às Escrituras. O acervo digital já conta com mais de 800 traduções em 636 idiomas, falados por 4,3 bilhões de pessoas. [Equipe RA / Com informações das Sociedades Bíblicas Unidas e da ASN]

Leia também

Novas traduções da Bíblia impactam 15 milhões de pessoas

Bíblia manuscrita

 

Check Also

Sociedade-Bíblica-do-Brasil-submete-versão-da-Nova-Almeida-Atualizada-à-avaliação-das-igrejas-slider

Sociedade Bíblica do Brasil submete versão da Nova Almeida Atualizada à avaliação das igrejas

Representantes de diversas denominações e organizações cristãs receberam exemplares do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, primeiro fruto do trabalho que deverá ser concluído em 2018.