IASD presta condolências às famílias das vítimas de atentado em Paris

Carta foi enviada pelo Departamento de Relações Públicas e Liberdade Religiosa da sede mundial da Igreja Adventista à embaixada da França em Washington

Igreja-Adventista-presta-condolencias_as-vitimas-de-ataque-terrorista-em-Paris-site-RAPor meio de uma carta encaminhada pelo Departamento de Relações Públicas e Liberdade Religiosa à embaixada da França em Washington, a sede mundial da Igreja Adventista do Sétimo Dia prestou condolências às famílias das vítimas do ataque terrorista à redação da revista semanal Charlie Hebdo.

“Em nome da Igreja Adventista do Sétimo Dia e seu presidente, permita-me transmitir a nossa mais profunda simpatia em relação com o atentado terrorista contra o escritório de Charlie Hebdo em Paris, em 07 de janeiro”, expressou Graz ao embaixador francês Gérard Araud. “Unimo-nos na dor das famílias das vítimas. Oramos por eles e por aqueles que ficaram gravemente feridos. Oramos também pela bela nação francesa, que amamos; por seu povo; e por vossa excelência que a representa nos Estados Unidos”, reiterou.

No texto, o diretor do departamento, John Graz, também elogiou o governo francês por proteger a liberdade religiosa. A carta observou que os adventistas têm sido defensores da liberdade de consciência e de religião e ressaltou que essas liberdades formam a base de todas as demais, incluindo a liberdade de expressão.

Sobre o caso

Na última quarta-feira, 7 de janeiro, três homens armados abriram fogo no escritório da revista Charlie Hebdo, matando o editor e principais cartunistas. A revista tinha sido denunciada por fundamentalistas muçulmanos por publicar representações cômicas do profeta Maomé. [Fonte: ANN]

Leia também:

Especialistas analisam questão religiosa e comunicacional de atentados na França

Check Also

Sociedade-Bíblica-do-Brasil-submete-versão-da-Nova-Almeida-Atualizada-à-avaliação-das-igrejas-slider

Sociedade Bíblica do Brasil submete versão da Nova Almeida Atualizada à avaliação das igrejas

Representantes de diversas denominações e organizações cristãs receberam exemplares do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, primeiro fruto do trabalho que deverá ser concluído em 2018.