Unasp organiza encontro criacionista e abre para visitação ao Museu de Ciências Naturais

Evento traz grandes nomes do criacionismo no Brasil

primeiro-encontro_criacionismo-UnaspO Unasp, campus São Paulo, realiza no próximo final de semana o I Congresso de Criacionismo e o II Museu Aberto. O evento, que começa na sexta-feira, às 20h, e vai até domingo, traz grandes nomes do criacionismo no Brasil para discutir a temática das origens.

Entre os palestrantes está o geólogo e doutor em Geotecnia pela USP, Nahor Neves de Souza Jr, que fala sobre como o presente é a chave para a compreensão do passado e do futuro. Também participa do evento o doutor Marcos Eberlin, diretor executivo da Sociedade Brasileira do Design Inteligente. Eberling, que coordena o Laboratório ThoMSon de Espectromia de Massas da Unicamp – área de sua especialização no pós-doutorado feito nos Estados Unidos -, apresenta a palestra “Falta-me fé para ser ateu e sobram-me razões para ser cristão”.

Já o presidente da Sociedade Criacionista Brasileira (SBB) e fundador da entidade, doutor Ruy Carlos de Camargo Vieira, aborda o ensino do criacionismo nas escolas. Estará em pauta ainda uma análise feita pelo jornalista Michelson Borges sobre como a mídia tem tratado o criacionismo.

Além de palestras, a programação inclui o lançamento dos livros O professor; sessenta anos educando gerações e Estudos em Ciência e Religião, de autoria do professor Orlando Rubem Ritter.

No domingo, o evento encerra com uma visita dirigida ao Museu de Ciências Naturais do Unasp.

A programação faz parte das celebrações dos 100 anos do Centro Universitário Adventista de São Paulo. O evento é aberto ao público. [Equipe RA, da redação]

CLIQUE NA IMAGEM E SAIBA MAIS SOBRE A PROGRAMAÇÃO

programacao-encontro-de-criacionismo

Check Also

Sociedade-Bíblica-do-Brasil-submete-versão-da-Nova-Almeida-Atualizada-à-avaliação-das-igrejas-slider

Sociedade Bíblica do Brasil submete versão da Nova Almeida Atualizada à avaliação das igrejas

Representantes de diversas denominações e organizações cristãs receberam exemplares do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, primeiro fruto do trabalho que deverá ser concluído em 2018.