O que vem por aí

Nova grade da TV Novo Tempo que estreia a partir do dia 5 de abril vai ter 12 novos programas

novo-tempo_(3)
A experiente jornalista Mariana Venturi viajou pelas Américas para produzir um documentário semanal sobre criacionismo. A pesquisa do paleontólogo Raul Esperante com fósseis de baleias no Peru será uma das atrações. Foto: Novo Tempo

Disponível em centenas de cidades por sinal aberto, satélite e nas principais operadoras de TV por assinatura, o canal Novo Tempo está presente em todas as regiões do país. A emissora já pode alcançar diariamente mais de 100 milhões de brasileiros. A missão de proclamar o evangelho eterno é cumprida 24 horas por dia, nos sete dias da semana.

Por trás das câmeras, um pequeno batalhão de jovens comunicadores dedica intensamente os anos de maior energia criativa da vida ao desafio de tocar o coração dos que buscam, ainda que inconscientemente, significado para a existência. Apresentadores, cantores e pregadores dividem os dias entre os estúdios, os escritórios, as orações com telespectadores e as longas viagens para levar pessoalmente a esperança para tantos quantos for possível. Do outro lado da tela o sobrenatural atua, fazendo completa uma obra de mãos imperfeitas. Isso é a TV Novo Tempo.

Os resultados de hoje honram os esforços daqueles que pavimentaram o caminho ao longo de quase 20 anos. E os números mostram que este é um momento singular da história da comunicação adventista. Comparando com 2013, o ano passado apresentou um crescimento de 35% na audiência medida pelo Ibope. E os dados de janeiro já revelaram surpresas ainda maiores: crescimento de 88% na audiência em relação a janeiro de 2014.

PROGRAMAÇÃO

Para continuar conquistando espaço e cumprindo a missão, a partir de 5 de abril estreiam as novidades da grade de 2015, com 12 novos programas e a ampliação do número de horas de programação inédita em português: 48,5 horas, dez a mais que no ano anterior.

Entre os destaques estão programas como Além dos Fatos, uma produção evangelística que irá ao ar ao vivo, às terças e quintas, às 22h. O programa será apresentado pela jornalista Ana Lima e o pastor Gilson Brito, que trará reflexões espirituais sobre os acontecimentos mais recentes. Quem também muda o formato é o tradicional Está Escrito, que passa a ter duas edições semanais ao vivo: segundas e quartas, às 22h. E todas as quartas com a presença dos Arautos do Rei.

Em 2014, a audiência da emissora aumentou 35%. Hoje, o sinal da Novo Tempo chega a 100 milhões de brasileiros

A nova grade também receberá um grande projeto sobre criacionismo. Produzido e apresentado pela experiente jornalista Mariana Venturi, Origens vai apresentar a versão bíblica sobre o surgimento da vida. Enquanto o programa Missão 360, uma produção das sedes mundial e sul-americana da Igreja Adventista contará histórias extraordinárias de conversão de várias partes do mundo.

Um retorno histórico será celebrado com o Fé para Hoje. O primeiro programa religioso da TV brasileira volta com novas ideias, porém com a mesma mensagem. Os apresentadores são os já conhecidos pastores Ronaldo de Oliveira e Edson Rosa. O jornalismo da Novo Tempo também apresenta novidades. O Redação NT, Identidade Geral e um telejornal totalmente novo vão trazer muito mais dinamismo e credibilidade para o noticiário da emissora.

A grade ainda inclui o programa Hiperlinkados, uma discussão sobre Bíblia e religião voltada para os nativos digitais, as histórias de missão do ministério de apoio Maranatha Internacional, o PAC.com (que preparará comunicadores cristãos), Palavras de Esperança, Concerto de Ideias e outras novidades em programas já conhecidos. O Conexão Jovem passa a ser apresentado e produzido pela jornalista Bianca Oliveira, ao vivo, duas vezes por semana, a mesma frequência do Na Mira da Verdade.

Junto com tantas novidades, a Novo Tempo apresentará finalmente na TV sua nova logomarca, que acompanha a reformulação da identidade visual da rede mundial de televisão adventista. Tudo isso para proclamar a mensagem sobre os telhados de maneira mais objetiva, pura e transformadora.

LISANDRO STAUT é jornalista e diretor da TV Novo Tempo

LEIA TAMBÉM

Evento homenageia pioneiros do criacionismo e apresenta novidades para 2015

Check Also

A-privatização-da-fé-slider

A privatização da fé

Entenda por que ela foi confinada à vida particular e de que maneira pode voltar a exercer maior relevância na esfera pública.