Campanha iniciada no Brasil ajudará sobreviventes de terremoto no Nepal

ADRA Brasil busca meios de socorrer sobreviventes do pior terremoto dos últimos 80 anos no país asiático

Por conta da ocorrência de muitos terremotos na região, líderes da igreja na região pensam em iniciar programa de conscientização diante  de eventos assim. Foto: ADRA Nepal
Por conta da ocorrência de muitos terremotos na região, líderes da igreja no país pensam em iniciar programa de conscientização que pode ajudar a reduzir fatalidades em casos de tremores de terra. Foto: ADRA Nepal
Governos e entidades de várias partes do mundo vêm manifestando solidariedade aos sobreviventes do terremoto de 7,8 graus que devastou o Nepal no último sábado, 25 de abril. Nesta segunda-feira, 27, a ADRA Brasil também iniciou campanha com esse objetivo. Os donativos levantados no Brasil poderão ajudar no atendimento às necessidades emergenciais da população, o que inclui distribuição de comida e água, além de abrigo.

Uma equipe da ADRA Internacional também já está no local para prestar ajuda humanitária. “Estamos nos concentrando em oferecer abrigo para aqueles que perderam suas casas”, explicou a porta-voz da ADRA Internacional, Natalia López-Thismón, à Adventist Review.

Funcionários da ADRA Internacional e da ADRA Nepal preparam lonas que serão distribuídas para abrigar vítimas do terremoto. Foto: ADRA Nepal
Funcionários da ADRA preparam lonas que serão distribuídas para abrigar vítimas do terremoto. Foto: ADRA Nepal
Outra fonte de apoio é o Memorial Hospital Scheer, um hospital adventista localizado nas proximidades da capital do país, Kathmandu, uma das cidades mais atingidas pelo terremoto. Os 150 leitos existentes, no entanto, não estão sendo suficientes para atender as centenas de pessoas que procuram tratamento médico no local. Segundo informou a ASN (Agência Sul-Americana de Notícias), “muitas vítimas têm recebido atendimento do lado de fora”.

Números atualizados

De acordo com dados do governo nepalês divulgados pela imprensa internacional na tarde de hoje, o número de mortos já chega a 4 mil, além de 7,5 mil feridos.

Em reportagem publicada no site da Adventist Review, o presidente da Igreja Adventista no Nepal, Umesh Pokharel, informou que não há registros de adventistas mortos até o momento, embora pelo menos quatro igrejas tenham ficado parcialmente destruídas.

No entanto, ele relatou que “muitos cristãos foram soterrados enquanto estavam adorando no sábado e morreram”. No Nepal, todos os cristãos adoram no sábado, que é considerado um dia de descanso para eles, ao contrário de domingo, quando o país volta à atividade.

Em nota, o presidente mundial da Igreja Adventista, pastor Ted Wilson, expressou que “o sofrimento humano rompe os nossos corações e nos move com profunda simpatia para com os milhares de famílias que sofreram perdas”. Ele também apelou para “que esta seja uma oportunidade para mostrar o ministério de amor e compaixão de Cristo”.

SOS Nepal

SOS-nepal-ADRA-BrasilAs doações para o projeto SOS Nepal da ADRA Brasil podem ser feitas via depósito na seguinte conta:

Banco Bradesco

Ag: 3416

Conta: 30050-0

ADRA Brasil

CNPJ: 01.467.063/0001-15

Também é possível contribuir por meio de cartão de crédito ou boleto bancário (para essas opções, clique aqui).

Saiba mais

Segundo dados oficiais, a Igreja Adventista no Nepal tem 8.859 membros e 106 congregações. O país, de maioria hindu, tem cerca de 28 milhões de habitantes. [Equipe RA, da redação / Com informações da ADRA Brasil, Andrew McChesney (Adventist Review), ASN e G1]

Check Also

Sociedade-Bíblica-do-Brasil-submete-versão-da-Nova-Almeida-Atualizada-à-avaliação-das-igrejas-slider

Sociedade Bíblica do Brasil submete versão da Nova Almeida Atualizada à avaliação das igrejas

Representantes de diversas denominações e organizações cristãs receberam exemplares do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, primeiro fruto do trabalho que deverá ser concluído em 2018.