Teste aprovado

Igreja realiza grande feira de saúde na cidade que vai sediar sua próxima assembleia mundial. No Brasil, nova abordagem começa a ser experimentada, dando um vislumbre da mobilização nacional que acontece no final deste mês
Ginásio Alamodome, onde será realizada a próxima assembleia mundial da Igreja em San Antonio, foi transformado numa grande clínica de saúde. Em três dias, 6 mil pessoas foram atendidas. Foto: Divisão Norte-Americana
Ginásio Alamodome, onde será realizada a próxima assembleia mundial da Igreja em San Antonio, foi transformado numa grande clínica de saúde. Em três dias, 6 mil pessoas foram atendidas. Foto: Divisão Norte-Americana
Os dois últimos meses serviram de ensaio para uma abordagem evangelística que deve se popularizar entre os adventistas do Brasil: as feiras de saúde. Como um complemento à entrega do livro missionário deste ano, Viva com Esperança, centenas de eventos dessa natureza devem ser realizados em todo o país, principalmente no dia 31 de maio.

Em San Antonio, cidade do Texas (EUA) que sediará a próxima assembleia mundial dos adventistas, em julho, 6 mil pessoas foram atendidas numa enorme feira de saúde comunitária que durou três dias e mobilizou 1.700 voluntários. O local para o atendimento não poderia ser outro, a não ser o ginásio Alamodome, onde serão realizadas as reuniões quinquenais da igreja.

Dezenas de pessoas passaram a noite em duas filas que se formaram para os atendimentos médicos e odontológicos gratuitos. Foram oferecidos tratamentos de canal e realizadas obturações. Médicos e enfermeiras se revezaram nos exames ginecológicos, no atendimento pediátrico, na vacinação e até mesmo em cirurgias mais simples. Também foram feitos cortes de cabelo, serviços de capelania e refeições gratuitas.

Os organizadores da sede norte-americana da Igreja Adventista estimam que, se os serviços prestados nos dias 8 a 10 de abril fossem cobrados, equivaleriam a 20 milhões de dólares no abusivo sistema de saúde dos Estados Unidos. A feira teve grande repercussão na mídia, com a cobertura de TV filiadas dos canais ABC e Fox, e parece ter cumprido o papel de chamar a atenção de San Antonio para o evento adventista de julho e para a série evangelística que se iniciará depois da assembleia com o pastor Mark Finley.

POR TODO O BRASIL

De grande ou médio porte, inúmeras feiras semelhantes à de San Antonio foram realizadas em todo o Brasil. Algumas antecederam ao programa da Semana Santa, enquanto outras fizeram alusão ao Dia Mundial da Saúde, comemorado em 7 de abril. Centenas de pessoas foram beneficiadas pela feira realizada no bairro Jardim Paulista Baixo, em Recife. O evento serviu de teste para outras 38 mobilizações que devem ocorrer na região metropolitana.

Em Salvador, 50 feiras foram realizadas no mesmo dia, envolvendo 3,5 mil voluntários e beneficiando mais de 9,7 mil pessoas

O modelo de feira que contempla os oito remédios naturais ensinados pelos adventistas também chegou em cidades pequenas do interior brasileiro, como Penápolis (SP), Rodeio (SC) e Rolante (RS); e em regiões metropolitanas, como a de Aracaju, onde o shopping Prêmio abriu as portas para um evento que atendeu 800 pessoas. Em Salvador (BA), a iniciativa foi ainda mais ousada. No dia 29 de março, 50 feiras foram realizadas simultaneamente em vários pontos da região metropolitana, envolvendo 3,5 mil voluntários e beneficiando mais de 9,7 mil pessoas. Outros três mutirões como esse estão previstos para 2015, ano em que a igreja comemora 110 anos da chegada do adventismo à Bahia.

MUDANÇAS EM GRUPO

Em São Domingos do Norte, no interior do Espírito Santo, 40 moradores aceitaram o desafio de participar de um programa de reeducação de hábitos de 28 dias. Já nas duas primeiras semanas, o grupo havia perdido 80 quilos. A agenda incluía atividade aeróbica e caminhada ao ar livre, pesagem e conferência diária de medidas abdominais, mudanças na alimentação e acompanhamento de palestras motivacionais.

“O que vimos na balança reflete mudanças internas, como maior disposição, autoestima, mais qualidade no sono e até mesmo o controle natural dos índices de glicemia e pressão arterial”, destaca o pastor Emanuel Assis, idealizador do projeto e líder da igreja adventista local. O aposentado José dos Reis Salvador e a esposa Cecília Barteles foram batizados por influência do projeto.

WENDEL LIMA é editor associado da Revista Adventista (com informações de Andrew McChesney, Ayanne Karoline e Ionara Wichinheski)

LEIA TAMBÉM

Remédios para o mundo

Check Also

Na-ponta-do-lápis-slider

Fim de ano na ponta do lápis

Saiba como fazer um balanço do ano escolar e ajudar seu filho a ter melhor desempenho em 2017.