Visionário da comunicação adventista morre vítima de câncer

Warren Judd contribuiu para a popularização do uso de tecnologias audiovisuais no contexto adventista

Visionario-da-comunicacao-adventista-morre-vitima-de-cancer
Foto: Cortesia da Divisão Norte-Americana / reprodução ANN
Após a luta contra o câncer, o ex-diretor do Centro de Mídia Adventista da Califórnia (EUA), Warren Judd, morreu na última terça-feira, 26 de maio. Ao longo de sua trajetória na comunicação, Judd contribuiu para a popularização do uso de tecnologias audiovisuais e para a estruturação de núcleos de produção de vídeo no contexto adventista.

O presidente da Divisão Norte-Americana, Daniel R. Jackson, ofereceu suas condolências em nome da Igreja Adventista do Sétimo Dia. “Warren era uma autoridade de mídia e um talentoso músico. Mas o mais importante é que ele era um marido e pai dedicado, bem como um cristão comprometido “, expressou. “Warren ajudou a avançar significativamente o uso da tecnologia audiovisual na Igreja Adventista. Ele fará falta”, afirmou Daniel Jackson.

Além de atuar no centro de mídia da sede adventista nos Estados Unidos, Warren Judd, que era natural da Austrália, foi responsável pelas operações audiovisuais das últimos cinco Assembleias da Associação Geral, ajudando, inclusive, no planejamento de comunicação da que acontecerá em San Antonio, Texas (EUA) em julho deste ano. [Equipe RA, da redação / Com informações da ANN e Adventist Review]

Check Also

Premiada-na-Espanha

Premiada na Espanha

Universitária adventista foi uma das vencedoras do Prêmio Internacional sobre Incêndios Florestais.