Recorde mundial

Indústria adventista de alimentos saudáveis bate recorde mundial organizando triatlo que reuniu 40.500 crianças e adolescentes na Austrália e Nova Zelândia

triatlo-promovido-por-instituicao-adventista-na-australia-e-nova-zelandia-1A maior indústria de alimentos saudáveis da Austrália, a Sanitarium Health & Wellbeing Company, administrada pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, se tornou recordista mundial na organização de provas de triatlo para menores de 16 anos. A instituição realiza o evento pelo 17º ano com o objetivo de incentivar crianças e adolescentes a se manter ativos na natação, ciclismo e corrida. A última edição, que começou em dezembro de 2014 em Manakau, na Nova Zelândia, e terminou em maio deste ano na Sunshine Coast, Queensland, na Austrália, reuniu 40.500 participantes. Em 2013, a Sanitarium já havia batido o recorde mundial nessa modalidade atraindo 36.500 juvenis.

Conforme explica David Martin, que é o responsável na empresa por promover ações que envolvam a comunidade, o objetivo do projeto é possibilitar que o público infanto-juvenil pratique atividade física em um ambiente divertido. De acordo com ele, a percepção dos pais é a de que a iniciativa acaba melhorando até mesmo a autoestima das crianças.

“Os pais nos contam que seus filhos recebem um grande impulso para a sua autoestima e se sentem mais confiantes após concluir o curso”, comenta.

O programa Weet-Bix Kids TRYathlon é projetado para o público com idade entre 7 e 15 anos e tem atraído principalmente não adventistas. Segundo os organizadores do evento, entre os milhares de inscritos na última edição apenas 236 eram membros da igreja.

triatlo-promovido-por-instituicao-adventista-na-australia-e-nova-zelandia-2

Além de incentivar a prática de exercícios físico, a Sanitarium Health & Wellbeing Company exerceu um importante papel na mudança de hábitos alimentares dos australianos ao popularizar o consumo de cereais matinais e outros produtos saudáveis. A instituição adventista foi a primeira a introduzir alimentos à base de soja no contexto australiano, promovendo uma dieta vegetariana antes que isso se tornasse moda ao redor do mundo. [Com informações e fotos de Sharyn Brady, da South Pacific Adventist Record e da Adventist Review]

Veja também

Legado profético

O primeiro Centro de Pesquisas Ellen G. White do Brasil completa 30 anos. O desafio hoje é ir além do meio acadêmico e criar iniciativas que popularizem nas igrejas locais os escritos da pioneira.