Recreio saudável

Franquia da Superbom oferece alternativas vegetarianas para o lanche dos estudantes
O Centro Educacional Adventista Milton Afonso (CEAMA), em Brasília, é o primeiro a receber a franquia. Até fevereiro de 2016, mais 13 lanchonetes serão instaladas em escolas adventistas. Foto: Anderson Uesley
O Centro Educacional Adventista Milton Afonso (CEAMA), em Brasília, é o primeiro a receber a franquia. Até fevereiro de 2016, mais 13 lanchonetes serão instaladas em escolas adventistas. Foto: Anderson Uesley
No ano em que a Superbom completa nove décadas de história, a empresa alimentícia especializada em alimentação vegetariana e vegana expande seus negócios e firma uma parceria inédita com a rede educacional adventista. Sob o nome SuperVeg, a indústria vai marcar presença nas escolas adventistas de todo o país e cooperar para mudar os hábitos alimentares dos estudantes.

O pontapé inicial foi dado no dia 17 de maio, com a inauguração da primeira lanchonete da rede no Centro Educacional Adventista Milton Afonso (CEAMA), em Brasília.

O espaço tem 20 m² e pode atender mil alunos. Com a presença de líderes sul-americanos, como os pastores Erton Köhler e Edgard Luz, 16 alunos encenaram uma música desenvolvida especificamente para a marca SuperVeg.

VANTAGENS

Mais do que um novo modelo de negócio para a Superbom, a iniciativa contribui para uma mudança de hábitos alimentares dos estudantes. A franquia conta com receitas exclusivas, todas desenvolvidas por chefs e nutricionistas para garantir alimentos verdadeiramente saudáveis e atrativos, tanto na apresentação quanto na textura, aroma e sabor. A proposta da marca é oferecer melhores opções para o fast-food das crianças e adolescentes, como pão de queijo e minipizza com queijo vegano, sanduíche e cachorro-quente com proteína vegetal, cupcake e fruta picada e fracionada.

Para os pais, a novidade é que poderão controlar o cardápio e os gastos dos filhos por meio de uma plataforma online. O recurso oferece acesso à composição e tabela nutricional de cada lanche e possibilita o bloqueio do consumo de algum alimento para o qual a criança seja intolerante, como glúten ou lactose. Por meio do sistema é possível também comprar créditos e estabelecer limites financeiros de consumo diário. As transações são feitas por meio de totem e cartão magnético.

A vantagem para as escolas e colégios é que as cantinas podem deixar de operar de forma caseira, passando a contar com equipamentos modernos e que seguem padrões mais rigorosos de processamento alimentar. Com alimentos padronizados, a unidade escolar pode controlar com mais precisão o custo de cada lanche e contar com o apoio da franqueadora para disponibilizar outros lanches que atendam melhor ao paladar regional.

APROVAÇÃO

A orientadora educacional do Ceama, professora Maria Laura Messias, conta que uma das razões para a escola fechar a parceria com a Superbom foi a constatação de que muitos alunos estavam lidando com a intolerância à lactose e ao glúten. A educadora acrescenta que faz parte da filosofia educacional adventista oferecer orientação quanto à alimentação. “Em nossa escola, além do meio período, também oferecemos período integral e, portanto, várias refeições diárias”, justifica, ao explicar a grande demanda do colégio que tem 878 estudantes.

Eidi Ribeiro, mãe de dois alunos que estudam em período integral no Ceama, aplaudiu a parceria: “Tive que mudar completamente meus hábitos alimentares por causa de um câncer. Fico feliz de ver que meus filhos já estão crescendo com uma alimentação de excelente qualidade nutricional e terão menos chances de ter problemas de saúde causados por má alimentação.”

“Estamos em negociação para a abertura de mais 13 unidades até fevereiro de 2016. Nossa expectativa é cobrir todas as 450 instituições de ensino da rede adventista no Brasil em três anos e então abrir a franquia para centros comerciais”, projeta David Oliveira, gerente de marketing da Superbom. O projeto já nasce afiliado à Associação Brasileira de Franchising (ABF) e, portanto, segue todos os parâmetros do órgão.

MÁRCIA EBINGER é assessora de comunicação da sede sul-americana da Igreja Adventista

Check Also

Sociedade-Bíblica-do-Brasil-submete-versão-da-Nova-Almeida-Atualizada-à-avaliação-das-igrejas-slider

Sociedade Bíblica do Brasil submete versão da Nova Almeida Atualizada à avaliação das igrejas

Representantes de diversas denominações e organizações cristãs receberam exemplares do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, primeiro fruto do trabalho que deverá ser concluído em 2018.