Igreja adventista de negros é incendiada nos Estados Unidos

A Igreja Adventista do Sétimo Dia College Hill, no Tennessee, foi uma das cinco igrejas atingidas por incêndios em apenas uma semana

Algumas das igrejas que foram incendiadas ficaram completamente destruídas.
Algumas igrejas chegaram a ficar completamente destruídas pelos incêndios. Casos vêm sendo investigados pelo FBI. Foto: Davie Hinshaw / AP / reprodução Extra
Entre as cinco igrejas de comunidades negras que foram alvos de incêndios na última semana nos Estados Unidos está um templo adventista de Knoxville, no Tennessee. O prédio da Igreja Adventista do Sétimo Dia College Hill e uma van que pertencia à congregação foram atingidos no dia 21 de junho, quando fogueiras foram acesas diante do edifício.

Os incêndios também atingiram templos de outras denominações na Flórida, Geórgia, Carolina do Norte, Carolina do Sul e Ohio. No caso da igreja adventista, as instalações não chegaram a ser completamente destruídas como aconteceu em outros lugares.

As ocorrências estão sendo investigadas pelo FBI e a pela agência americana para Álcool, Tabaco, Armas e Explosivos. O grupo de direitos civis Southern Poverty Law Center considerou que a série de atentados às igrejas frequentadas predominantemente por negros não é uma coincidência. Os casos foram registrados dias depois de o jovem branco Dylann Roof, de 21 anos, matar nove fiéis durante uma sessão de estudos bíblicos na Igreja Metodista Episcopal Emanuel, em Charleston, Carolina do Sul. Os episódios recentes alimentaram ainda mais as discussões sobre racismo nos Estados Unidos. [Equipe RA, da redação / Com informações de O Globo e Extra]

Check Also

026

Mutirão da solidariedade

Servidores da Casa Publicadora Brasileira doam dez toneladas de alimentos para campanha beneficente.