Praça em Roma é dedicada a Lutero

Espaço que recebeu o nome do pai da Reforma Protestante foi inaugurado no dia 16 de setembro

A cerimônia inaugural contou com a presença de Susanne Wasum-Rainer, embaixadora da Alemanha na Itália; Annette Schavan, embaixadora da Alemanha junto à Santa Sé; uma delegação parlamentar de Berlim; Jutta Fischer, prefeito de Eisleben, cidade natal de Lutero; e Ignazio Marino, prefeito de Roma. Créditos da imagem: Adventist Review
A cerimônia inaugural contou com a presença de Susanne Wasum-Rainer, embaixadora da Alemanha na Itália; Annette Schavan, embaixadora da Alemanha junto à Santa Sé; uma delegação parlamentar de Berlim; Jutta Fischer, prefeito de Eisleben, cidade natal de Lutero; e Ignazio Marino, prefeito de Roma. Créditos da imagem: Adventist Review

Uma praça inaugurada em Roma recebeu o nome do teólogo alemão que foi excomungado no século 16 por desafiar a Igreja Católica com suas 95 teses sobre justificação pela fé. O espaço dedicado a Martinho Lutero, considerado o pai da Reforma Protestante, fica no parque Colle Oppio, próximo ao Coliseu. Aguardada pela pequena comunidade protestante de Roma, a cerimônia inaugural, realizada no dia 16 de setembro, contou com a presença de líderes políticos e diplomatas alemães e italianos.

Torsten Lange Klemmstein viajou da cidade natal de Lutero para o evento e vestiu batina, um chapéu preto e camisa branca como Lutero. Créditos da imagem: Adventist Review
Torsten Lange Klemmstein, que viajou da cidade natal do reformador alemão para acompanhar o evento, veio caracterizado como Lutero: batina, chapéu preto e camisa branca. Créditos da imagem: Adventist Review
A Igreja Adventista foi uma das denominações que contribuíram para esse reconhecimento. Em junho de 2009, um grupo de membros da igreja entrou com um pedido junto à Comissão de Toponímia de Roma, órgão responsável pela nomeação de lugares, após constatar que nenhuma rua ou praça da capital italiana tinha sido dedicada a Martinho Lutero. Líderes de diversas denominações, incluindo luteranos, batistas e metodistas, também fizeram solicitações semelhantes. Após seis anos, o pedido finalmente foi aprovado pelas autoridades locais em agosto deste ano e recebeu o aval do Vaticano (leia mais aqui).

dfasfsd
Seis anos depois de um pedido feito por membros da Igreja Adventista e de outras denominações em Roma, autoridades locais finalmente decidiram atribuir o nome de Lutero a uma praça da cidade. Créditos da imagem: Adventist Review
Dora Bognandi, diretora associada do departamento de Liberdade Religiosa da Igreja Adventista na Itália, considerou que o fato representa “um momento importante para o mundo protestante”.

Para Ignazio Marino, prefeito de Roma, “esse gesto significa que Roma tem de respeitar todas as religiões e fé”. “Einstein disse que é mais fácil quebrar um átomo do que um preconceito. E aqui nós quebramos alguns preconceitos”, afirmou ele durante a inauguração.

Para saber +

Cerca de 98 por cento dos 60 milhões de habitantes da Itália são católicos. A Igreja Adventista no país conta com aproximadamente 9.500 membros que congregam em 111 igrejas, segundo dados do departamento de Arquivos, Estatísticas e Pesquisa da Associação Geral. [Equipe RA, da redação / Com informações e fotos de Andreas Mazza/Adventist Review]

LEIA TAMBÉM

Somente pela fé

Livro com anotações de Martinho Lutero é encontrado na França

Boneco de Martinho Lutero, lançado em comemoração aos 500 anos da Reforma, bate recorde de vendas

Veja também

Pela primeira vez no Brasil

Fórum mundial adventista de novas tecnologias da comunicação está com as inscrições abertas.