Praça em Roma é dedicada a Lutero

Espaço que recebeu o nome do pai da Reforma Protestante foi inaugurado no dia 16 de setembro

A cerimônia inaugural contou com a presença de Susanne Wasum-Rainer, embaixadora da Alemanha na Itália; Annette Schavan, embaixadora da Alemanha junto à Santa Sé; uma delegação parlamentar de Berlim; Jutta Fischer, prefeito de Eisleben, cidade natal de Lutero; e Ignazio Marino, prefeito de Roma. Créditos da imagem: Adventist Review
A cerimônia inaugural contou com a presença de Susanne Wasum-Rainer, embaixadora da Alemanha na Itália; Annette Schavan, embaixadora da Alemanha junto à Santa Sé; uma delegação parlamentar de Berlim; Jutta Fischer, prefeito de Eisleben, cidade natal de Lutero; e Ignazio Marino, prefeito de Roma. Créditos da imagem: Adventist Review

Uma praça inaugurada em Roma recebeu o nome do teólogo alemão que foi excomungado no século 16 por desafiar a Igreja Católica com suas 95 teses sobre justificação pela fé. O espaço dedicado a Martinho Lutero, considerado o pai da Reforma Protestante, fica no parque Colle Oppio, próximo ao Coliseu. Aguardada pela pequena comunidade protestante de Roma, a cerimônia inaugural, realizada no dia 16 de setembro, contou com a presença de líderes políticos e diplomatas alemães e italianos.

Torsten Lange Klemmstein viajou da cidade natal de Lutero para o evento e vestiu batina, um chapéu preto e camisa branca como Lutero. Créditos da imagem: Adventist Review
Torsten Lange Klemmstein, que viajou da cidade natal do reformador alemão para acompanhar o evento, veio caracterizado como Lutero: batina, chapéu preto e camisa branca. Créditos da imagem: Adventist Review
A Igreja Adventista foi uma das denominações que contribuíram para esse reconhecimento. Em junho de 2009, um grupo de membros da igreja entrou com um pedido junto à Comissão de Toponímia de Roma, órgão responsável pela nomeação de lugares, após constatar que nenhuma rua ou praça da capital italiana tinha sido dedicada a Martinho Lutero. Líderes de diversas denominações, incluindo luteranos, batistas e metodistas, também fizeram solicitações semelhantes. Após seis anos, o pedido finalmente foi aprovado pelas autoridades locais em agosto deste ano e recebeu o aval do Vaticano (leia mais aqui).

dfasfsd
Seis anos depois de um pedido feito por membros da Igreja Adventista e de outras denominações em Roma, autoridades locais finalmente decidiram atribuir o nome de Lutero a uma praça da cidade. Créditos da imagem: Adventist Review
Dora Bognandi, diretora associada do departamento de Liberdade Religiosa da Igreja Adventista na Itália, considerou que o fato representa “um momento importante para o mundo protestante”.

Para Ignazio Marino, prefeito de Roma, “esse gesto significa que Roma tem de respeitar todas as religiões e fé”. “Einstein disse que é mais fácil quebrar um átomo do que um preconceito. E aqui nós quebramos alguns preconceitos”, afirmou ele durante a inauguração.

Para saber +

Cerca de 98 por cento dos 60 milhões de habitantes da Itália são católicos. A Igreja Adventista no país conta com aproximadamente 9.500 membros que congregam em 111 igrejas, segundo dados do departamento de Arquivos, Estatísticas e Pesquisa da Associação Geral. [Equipe RA, da redação / Com informações e fotos de Andreas Mazza/Adventist Review]

LEIA TAMBÉM

Somente pela fé

Livro com anotações de Martinho Lutero é encontrado na França

Boneco de Martinho Lutero, lançado em comemoração aos 500 anos da Reforma, bate recorde de vendas

Check Also

Na-ponta-do-lápis-slider

Fim de ano na ponta do lápis

Saiba como fazer um balanço do ano escolar e ajudar seu filho a ter melhor desempenho em 2017.