Primeiro presidente adventista

Parlamento das ilhas Fiji elege um adventista para a presidência da nação

novo presidente das ilhas fiji e adventista
General adventista, que já estudou em Harvard, exercia o cargo de ministro de Emprego, Produtividade e Relações Industriais. Créditos da imagem: acervo do governo de Fiji
O novo presidente das ilhas Fiji, no Pacífico Sul, é um adventista do sétimo dia. Com 31 votos a favor e 14 contra, o general-de-divisão Jioji Konrote foi eleito pelo parlamento no dia 12 de outubro para um mandato de três anos. É a primeira vez que um membro da igreja assume a presidência da nação.

A cerimônia de posse de Konrote, que exerce a função de ministro de Emprego, Produtividade e Relações Industriais, está prevista para ocorrer no dia 5 de novembro.

Em um anúncio oficial sobre a nomeação, conforme informou a agência internacional de notícias da Igreja Adventista (ANN), o primeiro-ministro de Fiji, Frank Bainimarama, disse que o general adventista é “um modelo de lealdade, coragem e devoção como comandante militar, de honestidade e dedicação como ministro, e de tato e perseverança como um diplomata”.

Konrote tem um longo currículo como militar e diplomata. Ele é o único fijiano a ser nomeado comandante da Força Interina das Nações Unidas no Líbano e secretário-geral adjunto das Nações Unidas. Ele tem servido como o Alto Comissariado da ONU para a Austrália e Fiji, além de embaixador plenipotenciário para Cingapura. Em 2006, foi eleito membro do parlamento de Fiji e, desde então, tem servido como ministro.

Segundo informou a ANN, Jioji Konrote é um membro ativo da igreja, servindo como ancião de uma congregação adventista na capital, Suva, a cidade mais populosa e principal centro cultural e turístico das ilhas Fiji. Bastante respeitada no arquipélago, a Igreja Adventista conta com aproximadamente 25 mil fiéis e 260 congregações nesse país, de acordo com dados do departamento de Arquivos, Estatísticas e Pesquisa da sede mundial adventista. No entanto, mais de um quarto dos habitantes da nação, formada por 322 ilhas, segue o metodismo. O adventismo começou a marcar presença na região do Pacífico Sul a partir de 1890 por meio do navio missionário “Pitcairn”, que saiu de San Francisco (EUA) em direção às ilhas dessa parte do globo.

Saiba +

Com uma população de aproximadamente 900 mil habitantes, Fiji viveu situações políticas delicadas nos últimos anos. Foram três golpes de Estado e uma tentativa de sublevação desde que conquistou sua independência, em 1970. Curiosamente, hoje a república parlamentarista é governada pelo mesmo militar que promoveu o golpe de 2006. Frank Bainimarama assumiu como primeiro-ministro em 2014, após ganhar as eleições que consumaram o retorno à democracia. [Equipe RA, da redação / Com informações da ANN e do UOL]

LEIA TAMBÉM

Membros da igreja criam a Associação Internacional de Pessoas Públicas

Entenda a posição oficial da igreja sobre a política partidária e os candidatos adventistas

Check Also

Sociedade-Bíblica-do-Brasil-submete-versão-da-Nova-Almeida-Atualizada-à-avaliação-das-igrejas-slider

Sociedade Bíblica do Brasil submete versão da Nova Almeida Atualizada à avaliação das igrejas

Representantes de diversas denominações e organizações cristãs receberam exemplares do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, primeiro fruto do trabalho que deverá ser concluído em 2018.

  • geraldo antonio rodrigues

    gostaria tambem que nos estados unidos tambem fosse eleito um presidente adventista,neste caso seria o dr.bem carson o maior cirurgiao do mundo guiado pelas maos de deus