O Senhor vai adiante de ti

Deus é especialista em criar soluções antes mesmo do surgimento dos problemas

Conc_lio_Quinquenal_-_creditos_M_rcio_Tonetti_-_foto_3

Cantando “Oh! Que esperança!”, e de mãos dadas, encerramos há alguns dias o concílio quinquenal da Divisão Sul-Americana, em Brasília. Foi uma ocasião histórica que reuniu administradores, pastores distritais e representantes das igrejas locais que são membros da comissão diretiva da organização, juntamente com os presidentes de nossas mais de 80 Associações e Missões. O objetivo foi apresentar e definir as grandes prioridades da igreja para os próximos cinco anos. Renovamos nosso compromisso com um discipulado mais sólido, concentrado em comunhão, relacionamento e missão. Afinal, esta é a essência da vida cristã e de uma igreja consistente, frutífera e feliz.

Além disso, apresentamos as quatro prioridades que receberão atenção especial durante os próximos anos: dons espirituais, novas gerações, comunicação e formação teológica. A igreja tem muitas necessidades, mas vamos concentrar esforços nessas áreas, que poderão influenciar várias outras, multiplicando os resultados.

Reuniões como essas são sempre tensas e intensas, pela quantidade de líderes envolvidos e a importância dos temas apresentados. Preparamos nosso melhor, oramos muito, dialogamos, mantivemos o foco e trabalhamos de forma integrada, sempre na expectativa de ter um programa inspirador. Graças a Deus, tudo foi uma bênção!

Durante o programa, as palavras de Deuteronômio 31:8 foram meu alicerce e trouxeram segurança: “O Senhor é quem vai adiante de ti; ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará; não temas, nem te atemorizes.” A frase principal permaneceu constantemente em meus pensamentos: “O Senhor é quem vai adiante de ti”. A promessa foi fiel, os milagres se multiplicaram e os resultados foram além da expectativa.

No entanto, essa promessa não é apenas para ­reuniões especiais ou desafios da igreja e do ministério. É uma garantia para todos os fiéis, em todas as situações. Quando enfrentamos crises políticas e financeiras, precisamos descansar nas mãos de Deus e lembrar que “o Senhor vai adiante” de nós. Quando pensamos na formação e salvação dos filhos, não podemos nos esquecer de que “o Senhor vai adiante” de nós. Quando temos decisões difíceis, precisamos avançar seguros de que “o Senhor vai adiante” de nós. Quando surgem crises na igreja e parece não haver saída, precisamos confiar na promessa de que “o Senhor vai adiante” de nós. Não devemos ter medo do futuro, pois Deus já chegou lá antes de nós e preparou o caminho.

Essa promessa é ainda mais preciosa quando nos preparamos para um novo ano cheio de incertezas. Trata-se de um tempo de grandes desafios e imensas oportunidades para a igreja. Os desafios nos pressionam com a secularização e também nos isolam em assuntos como casamento, família, criacionismo e observância do sábado. Já as oportunidades nunca foram tão fortes com nossos grandes movimentos missionários e também no crescimento da área de comunicação, que alcança multidões sinceras. Esse cenário mostra o quebra-cabeça profético sendo completado diante de nossos olhos. Não podemos alimentar medo nem ansiedade, mas precisamos renovar a confiança no caminho que Deus já traçou antecipadamente nas páginas da Bíblia.

Por isso, ao preparar-se para 2016, renove sua esperança, pois, conforme escreveu Ellen White (Profetas e Reis, p. 202), “Deus é a força do seu povo hoje. […] Devemos lembrar que os seres humanos são falíveis e falhos, e que aquele que tem todo o poder é nossa forte torre de defesa. Em qualquer emergência devemos sentir que a batalha é dele. Seus recursos são ilimitados e as aparentes impossibilidades farão que a vitória seja ainda maior.”

ERTON KÖHLER é presidente da Igreja Adventista para a América do Sul

Check Also

Sociedade-Bíblica-do-Brasil-submete-versão-da-Nova-Almeida-Atualizada-à-avaliação-das-igrejas-slider

Sociedade Bíblica do Brasil submete versão da Nova Almeida Atualizada à avaliação das igrejas

Representantes de diversas denominações e organizações cristãs receberam exemplares do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, primeiro fruto do trabalho que deverá ser concluído em 2018.