Novo reitor

Igreja escolhe educador com sólida formação acadêmica e experiência no ensino de jovens para coordenar reformulação do seminário teológico

Adolfo Suárez tem formação em Teologia e Ciências da Religião, além de experiência de mais de 20 anos em sala de aula
Adolfo Suárez tem formação em Teologia e Ciências da Religião, além de experiência de mais de 20 anos em sala de aula

O Seminário Adventista Latino-Americano de Teologia (Salt), que responde pela coordenação dos cursos de formação de pastores em oito países sul-americanos tem novo reitor. A comissão diretiva da sede continental da Igreja Adventista nomeou para a função, ontem, dia 22 de dezembro, o pastor e educador Adolfo Suárez. Natural da Bolívia e radicado no Brasil há 26 anos, Adolfo tem uma sólida formação acadêmica e todo seu ministério foi dedicado à sala de aula e à gestão educacional, especialmente no nível universitário. Ele deixa suas atividades na coordenação da Faculdade de Teologia do Unasp, campus Engenheiro Coelho, para substituir o
Dr. Reinaldo Siqueira, que ocupou a função por quatro anos e meio.

Adolfo possui bacharelado em Teologia e licenciatura em Pedagogia, ambos pelo Unasp, e mestrado em Teologia Pastoral pelo Salt. Também é mestre e doutor em Ciências da Religião pela Umesp, e pós-doutor em Teologia Bíblico-Sistemática pela Escola Superior de Teologia (EST), em São Leopoldo (RS). Atualmente está cursando o Post Doctoral Fellowship no Theology and Christian Philosophy Department, na Universidade Andrews (EUA), programa no qual pesquisa sobre Teologia Sistemática sob a orientação do teólogo argentino Fernando Canale.

Suárez é professor visitante do programa Master in Leadership, da Andrews University, na área de Filosofia. Possui mais de 15 publicações como autor, coautor e organizador, incluindo a coleção de livros didáticos de Ensino Religioso da CPB. Além disso, ele é membro da Adventist Theological Society e da Society of Biblical Literature. Casado há vinte anos com a psicóloga Janete Tonete Suárez, o casal tem duas filhas: Yasmin e Isabela.

A escolha de Adolfo é uma sinalização clara de que a liderança sul-americana da igreja tem na mudança da formação pastoral e no diálogo com as novas gerações algumas de suas prioridades para os próximos cinco anos. “Temos que alcançar as novas gerações de outras formas. E os futuros pastores precisam entender que precisam fazer isso utilizando aquilo que é comum a esse público”, destacou o educador, ao falar sobre o projeto de publicar uma versão em quadrinhos do livro Nisto Cremos. A obra será uma produção em parceria do seminário com a CPB e a Unaspress. [Equipe RA, com informações de Jefferson Paradello]

Check Also

A-privatização-da-fé-slider

A privatização da fé

Entenda por que ela foi confinada à vida particular e de que maneira pode voltar a exercer maior relevância na esfera pública.