Em harmonia com a missão

Encontros de músicos oferecem aperfeiçoamento, espaço para troca de ideias e incentivo ao evangelismo
Além de aperfeiçoamento técnico, 22º Encontro de Músicos do Unasp promoveu reflexões sobre o papel da música na adoração e no cumprimento da missão. Créditos da imagem: Unasp, campus Engenheiro Coelho
Além de aperfeiçoamento técnico, 22º Encontro de Músicos do Unasp promoveu reflexões sobre o papel da música na adoração e no cumprimento da missão. Créditos da imagem: Unasp, campus Engenheiro Coelho

O 22º Encontro de Músicos do Unasp, campus Engenheiro, atraiu mais uma vez dezenas de profissionais e amadores de várias partes do Brasil. Como o maior evento adventista do gênero no país, o encontro, que aconteceu entre os dias 12 e 16 de janeiro, ofereceu aperfeiçoamento técnico, além de favorecer a troca de experiências e colocar os participantes em sintonia com a missão.

“O evento oferece a oportunidade de todos crescerem em conhecimento e de se relacionarem com outras pessoas que também amam a música. Acontecem muitas trocas de experiências, materiais e intercâmbio cultural”, ressalta Ellen Stencel, coordenadora da inciativa.

Neste ano, 340 pessoas se inscreveram para a programação que incluiu devocionais, palestras, ensaios e oficinas. No total, foram ofertados 40 workshops em áreas como produção musical, regência, leitura de cifras ao piano, arranjo e orquestração, sonoplastia e rearmonização de hinos tradicionais.

Além de aperfeiçoamento técnico, o evento procurou refletir sobre o papel da música na adoração. Um dos convidados para tratar sobre o assunto foi o pastor Jael Enéas. Em sua apresentação, ele ressaltou que o músico precisa compreender qual é sua função no contexto da adoração, e argumentou que “os dons e habilidades do músico devem ser usados para preparar o adorador para ter um encontro com Deus”.

Encontro paralelo

Profissionais e leigos do Pará, Amapá e Maranhão participaram do primeiro encontro de músicos adventistas da região Norte do Brasil. Créditos da imagem: Faama
Profissionais e leigos do Pará, Amapá e Maranhão participaram do primeiro encontro de músicos adventistas da região Norte do Brasil. Créditos da imagem: Faama

Com o objetivo de criar uma unidade musical nas igrejas, valorizar o ministério da música e reforçar que ela deve ser usada como uma forma de evangelismo, a igreja na região Norte do país também organizou entre os dias 14 e 17 deste mês seu primeiro encontro de músicos. A programação, que aconteceu na Faculdade Adventista da Amazônia (Faama), contou com a participação de convidados como o maestro Jader Santos e o músico e compositor Marcelo Meireles.

Em sua palestra, Meireles disse que a música deve fortalecer nossas crenças, ressaltando a mensagem distintiva que temos que pregar. “Se cairmos na armadilha de só falar de adoração, cura e paz, seremos apenas mais um grupo a cantar sobre isso”, ponderou.

Instrumento poderoso

O tom evangelístico também marcou o 22º Encontro de Músicos do Unasp do início ao fim. Em sua mensagem de encerramento, o pastor, compositor e maestro Williams Costa Jr. procurou reforçar o propósito da música na missão. Ao lembrar que, muitas vezes, ela fica restrita a ocasiões especiais, ele desafiou os músicos a usarem com criatividade e equilíbrio esse poderoso instrumento com o objetivo de fortalecer a fé dos membros da igreja, resgatar os que se afastaram e atrair novas pessoas a Cristo.

DANIELA FERNANDES é estudante de Jornalismo no Unasp, campus Engenheiro Coelho (SP)

LEIA TAMBÉM

Melhor do Brasil

Check Also

A-privatização-da-fé-slider

A privatização da fé

Entenda por que ela foi confinada à vida particular e de que maneira pode voltar a exercer maior relevância na esfera pública.