Em harmonia com a missão

Encontros de músicos oferecem aperfeiçoamento, espaço para troca de ideias e incentivo ao evangelismo
Além de aperfeiçoamento técnico, 22º Encontro de Músicos do Unasp promoveu reflexões sobre o papel da música na adoração e no cumprimento da missão. Créditos da imagem: Unasp, campus Engenheiro Coelho
Além de aperfeiçoamento técnico, 22º Encontro de Músicos do Unasp promoveu reflexões sobre o papel da música na adoração e no cumprimento da missão. Créditos da imagem: Unasp, campus Engenheiro Coelho

O 22º Encontro de Músicos do Unasp, campus Engenheiro, atraiu mais uma vez dezenas de profissionais e amadores de várias partes do Brasil. Como o maior evento adventista do gênero no país, o encontro, que aconteceu entre os dias 12 e 16 de janeiro, ofereceu aperfeiçoamento técnico, além de favorecer a troca de experiências e colocar os participantes em sintonia com a missão.

“O evento oferece a oportunidade de todos crescerem em conhecimento e de se relacionarem com outras pessoas que também amam a música. Acontecem muitas trocas de experiências, materiais e intercâmbio cultural”, ressalta Ellen Stencel, coordenadora da inciativa.

Neste ano, 340 pessoas se inscreveram para a programação que incluiu devocionais, palestras, ensaios e oficinas. No total, foram ofertados 40 workshops em áreas como produção musical, regência, leitura de cifras ao piano, arranjo e orquestração, sonoplastia e rearmonização de hinos tradicionais.

Além de aperfeiçoamento técnico, o evento procurou refletir sobre o papel da música na adoração. Um dos convidados para tratar sobre o assunto foi o pastor Jael Enéas. Em sua apresentação, ele ressaltou que o músico precisa compreender qual é sua função no contexto da adoração, e argumentou que “os dons e habilidades do músico devem ser usados para preparar o adorador para ter um encontro com Deus”.

Encontro paralelo

Profissionais e leigos do Pará, Amapá e Maranhão participaram do primeiro encontro de músicos adventistas da região Norte do Brasil. Créditos da imagem: Faama
Profissionais e leigos do Pará, Amapá e Maranhão participaram do primeiro encontro de músicos adventistas da região Norte do Brasil. Créditos da imagem: Faama

Com o objetivo de criar uma unidade musical nas igrejas, valorizar o ministério da música e reforçar que ela deve ser usada como uma forma de evangelismo, a igreja na região Norte do país também organizou entre os dias 14 e 17 deste mês seu primeiro encontro de músicos. A programação, que aconteceu na Faculdade Adventista da Amazônia (Faama), contou com a participação de convidados como o maestro Jader Santos e o músico e compositor Marcelo Meireles.

Em sua palestra, Meireles disse que a música deve fortalecer nossas crenças, ressaltando a mensagem distintiva que temos que pregar. “Se cairmos na armadilha de só falar de adoração, cura e paz, seremos apenas mais um grupo a cantar sobre isso”, ponderou.

Instrumento poderoso

O tom evangelístico também marcou o 22º Encontro de Músicos do Unasp do início ao fim. Em sua mensagem de encerramento, o pastor, compositor e maestro Williams Costa Jr. procurou reforçar o propósito da música na missão. Ao lembrar que, muitas vezes, ela fica restrita a ocasiões especiais, ele desafiou os músicos a usarem com criatividade e equilíbrio esse poderoso instrumento com o objetivo de fortalecer a fé dos membros da igreja, resgatar os que se afastaram e atrair novas pessoas a Cristo.

DANIELA FERNANDES é estudante de Jornalismo no Unasp, campus Engenheiro Coelho (SP)

LEIA TAMBÉM

Melhor do Brasil

Veja também

Pela primeira vez no Brasil

Fórum mundial adventista de novas tecnologias da comunicação está com as inscrições abertas.