Retorno histórico

Setenta e três anos depois de a igreja na Namíbia ter suas escolas fechadas, educação adventista volta a marcar presença no país africano 

Escola Adventista de Muvuluna
Região em que foi implantada a escola de Muvuluna concentra cerca de 80% da presença adventista na Namíbia. Créditos da imagem: reprodução Adventist Review

No dia 13 de janeiro, a Namíbia inaugurou sua primeira escola adventista desde que as instituições educacionais da denominação foram fechadas, em 1943, durante a II Guerra Mundial. O projeto começou há seis anos, quando a igreja local abriu uma creche nas dependências do templo. Diante da falta de recursos e de estrutura, o sonho de um espaço próprio, onde funcionasse uma escola primária completa, só se tornou possível com a ajuda da Maranatha Volunteers International, ministério de apoio adventista que tem ajudado na construção de escolas e igrejas em diversas regiões carentes ao redor do mundo.

Estrutura da escola foi montada pela
Estrutura foi montada pela Maranatha Volunteers International, um ministério de apoio adventista que tem contribuído com a construção de escolas e igrejas em diversas regiões carentes ao redor do mundo. Créditos da imagem: reprodução Adventist Review

Nas duas primeiras semanas de funcionamento, a Escola Adventista Muvuluna efetuou a matrícula de 56 alunos, e esse número está aumentando rapidamente. O objetivo da igreja para os próximos anos é plantar novas escolas nessa região, que concentra cerca de 80 por cento dos 18 mil adventistas que vivem no país. O fato de essa localidade apresentar grande carência de escolas públicas é outro motivo que deve levar a denominação a fortalecer a presença da educação adventista nessa parte do continente africano.

A Namíbia, território que já foi conhecido como Sudoeste Africano, teve sua história marcada por conflitos étnicos e pela desigualdade social. Colônia alemã de 1884 a 1915, essa região foi dominada após a II Guerra Mundial pela África do Sul e só conquistou o status de país independente em 1990. A primeira escola adventista de que se tem notícia na Namíbia foi aberta em 1920. Alguns anos mais tarde, outras doze foram implantadas. Mais de setenta anos após o fechamento dessas unidades, a inauguração de uma nova escola na região marca o retorno da educação adventista ao país. [Márcio Tonetti, equipe RA / Com informações de Andrew McChesney, da Adventist Review]

Check Also

Sociedade-Bíblica-do-Brasil-submete-versão-da-Nova-Almeida-Atualizada-à-avaliação-das-igrejas-slider

Sociedade Bíblica do Brasil submete versão da Nova Almeida Atualizada à avaliação das igrejas

Representantes de diversas denominações e organizações cristãs receberam exemplares do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, primeiro fruto do trabalho que deverá ser concluído em 2018.