Ciclone devastador

Ciclone devastador

O apoio da ADRA internacional e de voluntários da Igreja Adventista tem sido fundamental para os moradores das ilhas Fiji desde que o ciclone tropical Winston devastou Viti Levu, a principal ilha do arquipélago do Pacífico no dia 20 de fevereiro. Com rajadas de vento até 315 km/h, o maior tufão registrado na história do país insular da Oceania deixou pelo menos 42 mortos, além de causar grandes danos materiais. Segundo líderes locais da igreja, uma escola e várias igrejas adventistas foram destruídas. Em resposta à emergência, a agência humanitária distribuiu alimentos para as famílias em condições de maior vulnerabilidade. No dia 26 deste mês, membros da denominação na ilha de Vanuatu – que em março do ano passado também foi assolada pelo ciclone Pam (leia mais aqui) -, irão arrecadar uma oferta especial que será destinada para Fiji. A ADRA Austrália também iniciou campanha com o objetivo de levantar fundos para atender os moradores do arquipélago. [Com informações e foto de Jarrod Stackelroth]

LEIA TAMBÉM

Parlamento das ilhas Fiji elege um adventista para a presidência da nação

Check Also

Idoso-do-ano-slider

Idoso do ano

Título foi conferido ao médico adventista John Knight na Austrália.