Templo para os “hermanos”

Comunidade adventista hispânica da Zona Leste de São Paulo inaugura igreja própria

Líderes da igreja na América do Sul e no Estado de São Paulo, além de representantes de instituições adventistas, prestigiaram a inauguração do templo próprio da comunidade hispânica.
Líderes da igreja na América do Sul e no Estado de São Paulo, além de representantes de instituições adventistas, prestigiaram a inauguração do templo próprio da comunidade hispânica.

Após quatro anos se reunindo num espaço alugado, a comunidade hispânica adventista da Zona Leste de São Paulo comemorou no último sábado, 12 de março, a inauguração de um templo próprio no Brás, bairro popular da capital paulista bastante conhecido por ser uma forte região de comércio. Segundo o pastor Flávio Ferraz, secretário da organização adventista para essa região da capital paulista, o templo adventista se tornou a primeira comunidade religiosa hispânica no Estado a ter instalações próprias.

A congregação foi fundada em 2012 por meio de um projeto evangelístico encabeçado pela Divisão Sul-Americana, pela União Central Brasileira e pela Associação Paulista Leste. Na época, conforme lembrou o pastor Erton Köhler durante a cerimônia de inauguração, ações evangelísticas envolvendo grupos étnicos ainda eram raras no contexto adventista. Porém, nos últimos anos, a denominação implantou diversos projetos com o objetivo de atender imigrantes. “Entendemos que as comunidades étnicas precisam de apoio e atenção. Como estrangeiros, eles têm desafios com o idioma e dificuldades de se adaptar à nova cultura. E a igreja pode servir como uma base de apoio a essas pessoas”, ressalta o presidente sul-americano da igreja.

Nova estrutura

1914986_1079708872050289_7831277780137113961_n
Igreja com capacidade para 130 pessoas foi construída com o apoio da sede sul-americana da igreja e da Casa Publicadora Brasileira.

Hoje a comunidade adventista hispânica da Zona Leste de São Paulo já compõe um distrito pastoral. São 502 membros, distribuídos em cinco grupos e uma igreja organizada. Esse crescimento do número de fiéis justificou o investimento de 1,5 milhão de reais na compra do terreno e na construção do prédio da igreja sede.

Para o pastor Aguinaldo Guimarães, líder da Igreja Adventista para a região Leste da grande São Paulo, ter uma sede própria será fundamental para desenvolver um trabalho mais amplo. “Além dos cultos, aqui serão realizadas atividades sociais que beneficiarão a comunidade. Cremos que esse local será um farol e uma grande benção para os hispanos da capital”, assegura.

Inauguração

A cerimônia de inauguração contou com a presença da vice-cônsul da Bolívia em São Paulo, Vania Claros. “Ter uma comunidade onde eles possam se reunir é muito bom para expressarem sua cultura e prestarem culto a Deus”, declarou.

O presidente da igreja no Estado, pastor Domingos de Souza, ressaltou que o projeto se tornou realidade graças ao esforço de várias pessoas, instituições e sedes administrativas da igreja. Entre as que apoiaram a construção da nova igreja está a Divisão Sul-Americana (DSA), a União Central Brasileira (UCB) e a Casa Publicadora Brasileira (CPB).

MICHELLE MARTINS é assessora de comunicação da Igreja Adventista na Associação Paulista Leste

Veja também

Cuidar de quem cuida

Programa de gestão de pessoas transforma Hospital Adventista de Manaus na 6a melhor instituição de saúde para se trabalhar no Brasil.