Produção cinematográfica

Filme sobre a história dos pioneiros adventistas será lançado na emblemática data de 22 de outubro

filme iasd 3
Longa-metragem sobre as raízes do movimento adventista será lançado em 22 de outubro deste ano. Crédito: Divulgação/YouTube

A Igreja Adventista vai lançar no dia 22 de outubro sua maior produção audiovisual. O filme Tell the World (Conte ao Mundo, tradução livre), foi produzido pela Hope Channel, canal adventista da Austrália, e conta a história dos pioneiros do movimento adventista. Foram anos de planejamento, captação de recursos e produção. O longa-metragem contou com o maior elenco já envolvido em obras adventistas: 95 atores, 157 pessoas da equipe de apoio e mil figurantes.

filme iasd
Pioneiros calcularam a volta de Jesus no dia 22 de outubro de 1844. Crédito: Divulgação/Youtube

O projeto é a realização do sonho do ex-presidente da Igreja Adventista na Austrália, pastor Chester Stanley. O líder mundial da denominação, pastor Ted Wilson, afirmou que o filme “vai ser um tremendo encorajamento espiritual para o povo de Deus e o público em geral.” Os espectadores poderão conhecer como foi o processo de descoberta e organização das doutrinas adventistas, os debates teológicos, a superação do desapontamento de 22 de outubro de 1844 e a inspiração divina para encontrar a verdade. Além disso, o filme é uma oportunidade para que as pessoas que não professam a fé adventista conheçam as raízes históricas da denominação.

A sede mundial da igreja, em Silver Spring, Maryland (EUA), é a responsável por distribuir o conteúdo em três formatos: clipes históricos curtos, com lançamento em agosto; uma série de televisão de seis episódios, que vai ao ar no Hope Channel, e a transmissão on-line do filme. Essas duas últimas versões serão veiculadas em outubro. O plano é que na sequência o longa-metragem também fique disponível em serviços de streaming como Netflix, iTunes, Amazon e Google Pay.

Histórico

O pastor e professor universitário Allan Novaes lembra que esse não é o primeiro investimento adventista em produção audiovisual. Em meados da década de 1970, na Argentina, foi filmado o longa-metragem A Vitória Final, enquanto que, no Brasil, em 2005, foi lançado o filme A Última Batalha, disponível em Blu-ray e DVD. O ponto é que ambas as iniciativas partiram de membros e não da denominação.

Em seu doutorado em Ciências da Religião na PUC-SP, Novaes estudou a relação ora conflituosa, ora amistosa, da igreja com as mídias audiovisuais, especificamente a TV e o cinema. Para ele, Tell the World é a consolidação de um processo de profissionalização da comunicação denominacional. “Representa o amadurecimento de uma igreja, que se relaciona com os meios audiovisuais de forma cada vez mais lúcida, apostando na força e no apelo audiovisual para dialogar com uma sociedade midiatizada”, ressalta.

“Se bem recebido, Tell the World pode se tornar referência nos próximos anos no planejamento estratégico da igreja referente às iniciativas evangelísticas por meios audiovisuais”, prevê o professor, que leciona para os cursos de Jornalismo e Teologia do Unasp.

Cautela

the record keeper unasp
Jason Satterlund, diretor da web série The Record Keeper, no Unasp em outubro de 2014. Crédito: Gustavo Andrade

Orientadas pelo professor Allan Novaes, as estudantes de Jornalismo Aline Lüdtke e Aline Oliveira produziram um artigo científico sobre a relação da Igreja Adventista com obras ficcionais. O conteúdo audiovisual escolhido para análise foi a web série The Record Keeper. A série, com direção do cineasta Jason Satterlund, foi cancelada pela igreja em 2014 por apresentar problemas teológicos. “O que mais motivou a escolha do tema foram as questões envolvidas desde a divulgação até o cancelamento da produção”, explica Aline Lüdtke. The Record Keeper toma como base a obra O Grande Conflito, de Ellen White, e apresenta de modo ficcional o conflito cósmico entre o bem e o mal.

“Nós chegamos à conclusão de que, embora a igreja utilize meios audiovisuais para pregar o evangelho, ainda há uma forte resistência quanto ao uso de ficção nos conteúdos”, expõe Aline Oliveira. Elas também concluíram que a forte ênfase do adventismo numa cultura centrada no texto e o problema em relação à ficção de má qualidade na época de Ellen White contribuem até hoje para suspeita adventista em relação à obras como The Record Keeper. O artigo será apresentado na 11ª Conferência Brasileira de Comunicação Eclesial (Eclesiocom), promovida pela Cátedra Unesco de Comunicação, da Universidade Metodista de São Paulo. Este ano, o evento será realizado no dia 18 de agosto no Unasp.

Lançamentos

A data escolhida coincide propositalmente com o 172º aniversário do “Grande Desapontamento”, em 22 de outubro de 1844, um marco na história do adventismo. Naquela época, estima-se que 100 mil pessoas aguardaram a segunda vinda de Jesus à Terra para essa data. Após a decepção, algumas denominações surgiram desse movimento, sendo a Igreja Adventista do Sétimo Dia a mais representativa. A denominação foi organizada quase 20 anos depois, em maio de 1863, e conta hoje com 19,1 milhões de membros em 208 países.

Além das raízes históricas adventistas, o filme ainda apresenta o papel do dom profético manifestado em Ellen White para o movimento. A produção destaca o legado da pioneira nas áreas de saúde e educação. Tell the World, original em inglês, ganhará versões dubladas em francês, espanhol e português, mas a previsão é que nos próximos três anos o filme esteja legendado em mais de 30 idiomas. No Brasil, o filme será divulgado com o título Como Tudo Começou.

Bastidores das gravações do filme O Resgate no Chile. Crédito: Divulgação/YouTube
Bastidores das gravações do filme O Resgate no Chile. Crédito: Divulgação/YouTube

Já na América do Sul, está sendo preparado pela Igreja Adventista o filme O Resgate, que será utilizado no evangelismo na Semana Santa de 2017. As gravações começaram no início deste mês no sul do Chile. O curta-metragem envolve uma equipe de 25 pessoas, entre brasileiros, argentinos e chilenos, incluindo funcionários de instituições adventistas e alguns voluntários. O filme conta a história de dois jovens que vivem uma aventura numa montanha. A previsão é de que seja dublado em seis idiomas para distribuição mundial do material. [Camila Torres, equipe RA / Com informações de Andrews McChesney e Francis Matos]

ASSISTA AO TRAILER DO LONGA-METRAGEM TELL THE WORLD

 

Check Also

Tragédia-da-Chapecoense---slider

Tragédia da Chapecoense

Adventistas demonstram solidariedade aos familiares das vítimas da tragédia da Chapecoense e transmitem esperança para milhares de torcedores durante velório coletivo.

  • Cézar Augusto Photos

    Muito bom saber que o filme será dublado e será incluído no Netflix. Faltou a legenda no trailer (hehe)

  • Antonio Marcos Dantas Mascaren

    EM VEZ DE FICAR SÓ EM UM FILME DEVERIA, SE OS RECURSOS PERMITISSEM, SER UMA SÉRIE PARA AS TVs ADVENTISTA.

    • Olá, Antônio. Como foi mencionado na notícia, o filme será distribuído em três formatos, incluindo uma série de televisão de seis episódios. Abraço!

  • Marcos Leandro

    Parabéns pela iniciativa. Espero que tenham muito cuidado ao tratar/abordar EGW no filme… Para não gerar mais polêmica e resistência que evangelismo.