Fotógrafo do ano

Estudante adventista norte-americano vence um dos concursos fotográficos mais prestigiados do mundo
Sam Delaware, um dos vencedores do prêmio, recebeu troféu em Londres, na Inglaterra. Foto: Divulgação World Photography Awards 2016
Sam Delaware, um dos vencedores do prêmio, durante cerimônia de premiação em Londres, na Inglaterra. Créditos da imagem: Divulgação World Photography Awards 2016

Sam Delaware, um jovem adventista norte-americano de 18 anos, foi considerado fotógrafo do ano numa das três modalidades do prêmio Sony World Photography Awards 2016, um dos concursos fotográficos mais prestigiados do mundo. Vencedor da categoria “Retrato”, o estudante do Pacific Union College recebeu o troféu durante cerimônia realizada em Londres, na Inglaterra.

Aluno bolsista do curso de Fotografia da instituição localizada na Califórnia (EUA), Sam é considerado um aluno brilhante. “O fato de o jovem estudante ser publicamente reconhecido por seu talento é uma prova de seu compromisso, sua paixão e visão artística”, afirmou Brian Kyle, um de seus professores na faculdade.

O universitário disse que ficou honrado por ter sido reconhecido nessa fase de sua carreira. “A Organização Mundial de Fotografia é uma plataforma incrível para jovens artistas e profissionais já estabelecidos. Estou muito grato por ser reconhecido entre pessoas tão talentosas. Acima de tudo, este prêmio me fez perceber que estou indo na direção certa e me deu forte motivação para continuar fazendo o melhor”, expressou o estudante.

Foto vencedora na categoria “Retrato”. Imagem: Divulgação: World Photography Awards 2016
Foto vencedora na categoria “Retrato”. Créditos da imagem: Divulgação World Photography Awards 2016

Ao falar sobre o que inspirou a foto vencedora, um retrato da irmã, Sam contou que, depois de se mudar para a universidade que fica do outro lado do país, sentiu pela primeira vez o impacto de estar longe do convívio familiar. “De alguma forma, queria transmitir os sentimentos contraditórios que vivi: emoção para a vida que estava começando e nostalgia para o que eu estava deixando para trás. A viagem de volta para o Maine, por um curto período de tempo, me permitiu criar essa imagem bastante espontânea de minha irmã, dando-me a oportunidade de expressar a mudança da melhor maneira que pude”, explicou.

Número recorde de participantes

Neste ano, o concurso registrou número recorde de trabalhos inscritos: 230.103. Concorreram ao prêmio fotógrafos de 186 países. O concurso Sony World Photography Awards é aberto a fotógrafos com idade entre 12 e 19 anos. Neste ano, o troféu para a melhor imagem na categoria “Cultura” foi concedido ao iraniano Sepehr Jamshidi Fard, de 17 anos. Já a italiana Anais Stupka, de 12, ganhou na modalidade “Meio ambiente”.

Além de ser presenteados com uma câmera profissional, os três vencedores tiveram a chance de ver suas fotografias expostas no famoso Somerset House, em Londres. Além disso, as fotos ganhadoras serão publicadas no livro do Sony World Photography Awards 2016. [Equipe RA, da redação / Com informações do site Notizie Avventiste]

Check Also

Sociedade-Bíblica-do-Brasil-submete-versão-da-Nova-Almeida-Atualizada-à-avaliação-das-igrejas-slider

Sociedade Bíblica do Brasil submete versão da Nova Almeida Atualizada à avaliação das igrejas

Representantes de diversas denominações e organizações cristãs receberam exemplares do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, primeiro fruto do trabalho que deverá ser concluído em 2018.