Nova Almeida Atualizada

Sociedade Bíblica do Brasil lança a primeira versão do trabalho de revisão da tradução de João Ferreira de Almeida
Revisão completa da tradução de João Ferreira de Almeida está prevista para ser concluída em 2018. No entanto, um volume contendo O Novo Testamento, Salmos e Provérbios já está disponível. Versão traz recursos como notas e referências cruzadas. Créditos da imagem: Divulgação SBB
Revisão completa da tradução de João Ferreira de Almeida está prevista para ser concluída em 2018. No entanto, um volume contendo O Novo Testamento, Salmos e Provérbios já está disponível. Versão traz recursos como notas e referências cruzadas. Créditos da imagem: Divulgação SBB

Uma das traduções mais lidas pelos cristãos brasileiros, a Almeida Revista e Atualizada (RA), publicada exclusivamente pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), atravessou 60 anos sem ter sido submetida a uma revisão mais profunda, embora as Sociedades Bíblicas Unidas (SBU), aliança mundial da qual faz parte a SBB, recomendem que isso seja feito a cada 25 anos. No entanto, desde 2013 o texto da Bíblia mais tradicional e popular no Brasil vem sendo revisado. O primeiro fruto desse trabalho, a edição do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, foi apresentado durante o Fórum de Ciências Bíblicas, realizado em Barueri (SP) entre os dias 25 e 26 de agosto.

A expectativa é que a revisão de todo o conteúdo da Bíblia esteja concluída em 2018, ano em que a SBB completará seu 70º aniversário e quando também será celebrado o segundo Ano da Bíblia no Brasil –, uma década depois da celebração do primeiro.

VEJA TAMBÉM: Especialista fala sobre os desafios e princípios da tradução das Escrituras e os esforços para torná-la mais acessível no mundo contemporâneo

Os parâmetros da revisão foram definidos em conjunto entre especialistas da SBB e representantes de diferentes denominações cristãs. “O propósito dessa nova atualização da RA é que o leitor diga: ‘Isso é Almeida, e isso eu entendo’. Ou seja, as principais melhorias estão sendo feitas com o objetivo de tornar o texto mais compreensível, sem perder a essência desta tradução”, explica Vilson Scholz, consultor de Tradução da SBB, que está à frente da empreitada.

A versão Almeida Revista e Atualizada diferencia-se pela fidelidade aos textos originais, linguagem atualizada sem abrir mão do vocabulário e sintaxe eruditos, riqueza de estilos literários, além de legibilidade e sonoridade. Todos esses predicados, tão apreciados pelo leitor da Bíblia, continuam presentes na Nova Almeida Atualizada.

Principais mudanças

Entre as melhorias, destaca-se a redução da extensão das frases, sempre que possível (mais pontos e menos pontos e vírgula). Além disso, os termos da frase foram colocados na ordem natural do português (sujeito antes do verbo) e as construções complicadas e de pouco uso, como é o caso de mesóclises do tipo “dir-lhes-ei”, foram refeitas. Outra mudança foi a substituição de palavras difíceis, como “irrisão” e “prevaricar”, por termos mais simples.

No entanto, a mudança que mais deverá chamar a atenção, inicialmente, é a passagem do “tu” e “vós” para “você” e “vocês”, com exceção das orações ou palavras dirigidas a Deus, em que se preserva o “tu”. “O maior desafio desse trabalho tem sido fazer com que, mesmo atualizado para o português escrito no Brasil do século 21, o texto mantenha a sonoridade de Almeida”, complementa Scholz. [Com informações de Luciana Garbelini, da SBB]

LEIA TAMBÉM

A produção da Bíblia de Estudo Andrews e seus recursos

Check Also

Sociedade-Bíblica-do-Brasil-submete-versão-da-Nova-Almeida-Atualizada-à-avaliação-das-igrejas-slider

Sociedade Bíblica do Brasil submete versão da Nova Almeida Atualizada à avaliação das igrejas

Representantes de diversas denominações e organizações cristãs receberam exemplares do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, primeiro fruto do trabalho que deverá ser concluído em 2018.