Vice-governadora adventista

Pela primeira vez, arquipélago britânico terá um membro da igreja exercendo o cargo
Créditos:
Nomeada para o cargo de vice-governadora do arquipélago no dia 1º de setembro, Rosalie Adams deve permanecer na função até fevereiro de 2018. Créditos da imagem: Divisão Interamericana

O cargo de vice-governadora das Ilhas Virgens Britânicas agora está sob responsabilidade de uma adventista. Rosalie Adams foi nomeada pela rainha Elizabeth II através do ministro das Relações Exteriores da Grã-Bretanha, Boris Johnson, no dia 1º de setembro. É a primeira vez que um membro da igreja ocupa essa posição no território ultramarino britânico.

“Sem dúvida, esse alto e significativo reconhecimento deve ser atribuído a Deus”, ela enfatizou. Natural de Tortola, a maior das Ilhas Virgens Britânicas no Mar do Caribe, Rosalie aceitou a mensagem adventista há 16 anos depois de ouvir um sermão do evangelista Charles Brooks. “Eu estava ouvindo o pastor Charles Brooks na rádio WGOD quando ele pregou uma mensagem intitulada ‘God in Bad Company’ (Deus em Má Companhia). Foi nesse momento que o Espírito Santo me tocou”, relata a vice-governadora, que por 40 anos foi membro da Igreja Metodista.

LEIA TAMBÉM: Parlamento das ilhas Fiji elege um adventista para a presidência da nação

Antoinette Skelton, diretora do Conselho de Segurança Social no arquipélago caribenho, define Adams como uma adventista fiel. “Ela é uma pessoa de princípios. Podemos ter a certeza de que ela sempre vai contar com a orientação de Deus”, enfatizou.

Silton Browne, presidente da sede administrativa da igreja para a região norte das Caraíbas, cujo território inclui as Ilhas Virgens Britânicas, felicitou Rosalie pela nomeação. “Eu estou certo sobre sua fé em Deus e sua capacidade de representar a igreja em um nível tão alto”, ele expressou.

Rosalie Adams iniciou carreira no serviço público em 1968. Antes de ser promovida a secretária do Ministério da Saúde, em 2005, esteve à frente do Ministério das Comunicações.

Rosalie é membro ativo da Igreja Adventista do Sétimo Dia Carrot Bay, em Tortola, onde já serviu como diretora e professora da Escola Sabatina e líder de serviços comunitários. Atualmente ela é a líder local do Ministério da Mulher.

O adventismo na região

Além de uma escola que oferece ensino fundamental e médio, a Igreja Adventista do Sétimo Dia tem oito igrejas que congregam 1.864 membros nas Ilhas Virgens Britânicas de Tortola, Virgem Gorda e Anegada, de acordo com os últimos dados do departamento de Arquivo, Estatística e Pesquisas da sede mundial da denominação.

Adventistas influentes

Outros adventistas também já se destacaram em governos da região do Mar do Caribe. É o caso de Floyd Morris, que fez história ao se tornar a primeira pessoa com deficiência visual nomeada presidente do Senado Jamaicano (para saber mais, clique aqui). A lista inclui ainda Patrick Linton Allen, governador-geral da Jamaica. Ele foi o primeiro pastor adventista a ocupar a Casa do Rei, nome dado à mansão em que vive o representante da rainha (cliqueaqui para ler uma entrevista concedida por ele à revista Conexão 2.0). [Equipe RA, da redação / Com informações de Royston Philbert, da Divisão Interamericana / Adventist Review]

Check Also

Sociedade-Bíblica-do-Brasil-submete-versão-da-Nova-Almeida-Atualizada-à-avaliação-das-igrejas-slider

Sociedade Bíblica do Brasil submete versão da Nova Almeida Atualizada à avaliação das igrejas

Representantes de diversas denominações e organizações cristãs receberam exemplares do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, primeiro fruto do trabalho que deverá ser concluído em 2018.

  • Marcos Leandro

    Que Deus a abençoe e ilumine seus passos e sua voz. Que ela seja a voz de Deus a ecoar onde puder ser ouvida.