Filme sobre Desmond Doss gera oportunidades para a igreja

Saiba como os adventistas irão aproveitar o contexto do lançamento de Hacksaw Ridge, produção hollywoodiana sobre herói da II Guerra Mundial
Filme dirigido por Mel Gibson (mesmo diretor de A Paixão de Cristo) foi inspirado na história do paramédico adventista que salvou 75 soldados durante a II Guerra Mundial. Créditos da imagem: Divulgação
Filme dirigido por Mel Gibson (mesmo diretor de A Paixão de Cristo) foi inspirado na história do paramédico adventista que salvou 75 soldados durante a batalha de Okinawa, no Japão. Créditos da imagem: Divulgação

Previsto para ser lançado no dia 4 de novembro, o filme Hacksaw Ridge, que irá retratar a história do paramédico adventista que salvou dezenas de pessoas durante a II Guerra Mundial, está sendo visto pela liderança da igreja em várias partes do mundo como uma oportunidade para tornar mais conhecida sua mensagem.

O fato de a produção hollywoodiana ter sido aplaudida de pé por dez minutos durante sua première mundial no Festival de Veneza no início deste mês pode ter sido um prenúncio do impacto que ela causará entre os milhões de espectadores que assistirão ao longa-metragem.

LEIA TAMBÉM: Reportagem explica a postura da não combatência

Diante dos possíveis desdobramentos do filme, “igrejas e membros terão de estar prontos para se envolverem em conversas com aqueles que irão ver o filme e para responder perguntas sobre o que levou Doss a se manter firme na sua fé em Deus”, afirmou John Bradshaw, orador do programa It Is Written (Está Escrito), na última quinta-feira, 22 de setembro, em um artigo publicado no site da agência de notícias da igreja mundial.

Ele também esclareceu que “Hacksaw Ridge não foi feito por adventistas nem para os adventistas, mas apresenta aos adventistas uma oportunidade sem precedentes para falar de Cristo”. Bradshaw ressalta ainda que, ao ser transportada para as salas de cinema, a história de Doss “insere a igreja em uma conversa global”.

“Acreditamos que essa será uma grande oportunidade para informar as pessoas sobre Jesus Cristo”, também expressou recentemente Jaroslaw Dziegielewski, presidente da Igreja Adventista na Polônia, durante uma reunião com líderes locais na capital, Varsóvia.

Na mesma ocasião, Marek Micyk, diretor de Jovens para todo o território polonês, apresentou sugestões que poderão ser usadas pelos fiéis para compartilhar sua fé nesse país predominantemente católico de 38,5 milhões de habitantes e apenas 5.820 adventistas.

O plano inclui a tradução da página da Wikipedia em inglês sobre Desmond Doss para a versão polonesa da enciclopédia virtual. Além disso, a igreja registrou o endereço eletrônico desmonddoss.pl a fim de que os poloneses que procurarem nos sites de busca informações sobre o personagem do filme possam encontrar mais detalhes sobre ele, a Igreja Adventista e questões relacionadas aos princípios de saúde recomendados pela denominação bem como à doutrina do sábado.

Por ocasião do lançamento do filme dirigido por Mel Gibson, membros da igreja também distribuirão em locais estratégicos um livreto de 32 páginas falando sobre o protagonista e suas crenças. “As pessoas gostam de ouvir histórias verdadeiras. Por isso, muitas sairão das salas de cinema querendo aprender mais sobre Desmond Doss. Diante disso, pretendemos compartilhar algo mais”, Micyk ressalta.

Desmond Doss recebeu a Medalha de Honra do Congresso, a mais alta condecoração militar dos Estados Unidos. Créditos da imagem: domínio público
Em 1945, Desmond Doss recebeu do então presidente Harry Truman a Medalha de Honra do Congresso, a mais alta condecoração militar dos Estados Unidos. Créditos da imagem: domínio público

As estratégias da igreja na Polônia devem incluir ainda desafios ao ar livre na capital e em outras cidades. Os participantes serão desafiados a percorrer determinado trajeto carregando um objeto pesado, na tentativa de simular as ações heroicas de Doss quando, sozinho, salvou 75 soldados feridos em Okinawa, no Japão, em 1945.

Somado a todas essas ações, a igreja pensa em distribuir pendrives contendo materiais sobre Desmond Doss e a Igreja Adventista para os principais jornalistas e youtubers poloneses. A editora adventista local também irá imprimir uma edição em polonês do livro Desmond Doss: Objetor de Consciência, biografia escrita em 2005 pela esposa, Frances M. Doss. Já o Hope Channel da Polônia está legendando o premiado documentário The Conscientious Objector (O Objetor de Consciência).

Miroslaw Karauda, diretor do departamento de Evangelismo da igreja no país, acredita que esse conjunto de iniciativas poderá cumprir dois objetivos: apresentar Jesus às pessoas e, ao mesmo tempo, energizar os jovens adventistas na Europa. “Será ótimo se a nossa juventude puder se envolver em todas essas iniciativas de divulgação. Esperamos que essas ideias sirvam como uma renovação e inspiração para a nossa juventude”, almeja.

Outras ações

Edição especial da revista Focus trata sobre Desmond Doss e as crenças adventistas.
Edição especial da revista Focus trata sobre Desmond Doss e as crenças adventistas, além de explicar a postura da não combatência.

De acordo com Victor Hulbert, diretor de Comunicação da Divisão Transeuropeia, uma edição especial da revista Focus foi publicada na Grã-Bretanha e está sendo oferecida à igreja em todo o mundo.

Em outras partes do mundo, os adventistas também estão se preparando para agir especialmente no contexto da estreia internacional do filme em 4 de novembro. Na Austrália e na Sérvia, líderes locais estão imprimindo literatura sobre o assunto. Já nos Estados Unidos, a editora Pacific Press irá relançar o livro Desmond Doss: Objetor de Consciência, e o ministério Está Escrito, sediado no Tennessee, irá coordenar a resposta local da igreja para uma possível enxurrada de perguntas ligadas à história do herói adventista.

No Brasil, a CPB também irá publicar versão em português da biografia escrita pela esposa do personagem. Intitulada Soldado Desarmado: O Herói que Resgatou Até o Último Homem, a obra deve ser lançada no fim de outubro.

“A importância desse livro reside no fato de apresentar os feitos de um herói improvável. Desarmado, mas munido com fé e coragem, contrariando todas as expectativas de seus companheiros no campo de batalha, ele foi protagonista de um ato de bravura reconhecido pelo governo dos Estados Unidos com a Medalha de Honra do Congresso. Essa história, que continua impactando a vida de muitas pessoas tanto tempo depois, evidencia o poder da influência de uma vida que se submete integralmente à Palavra de Deus mesmo em situações completamente adversas”, afirma Vinícius Mendes, responsável pela editoração do livro. [Equipe RA, da redação / Com informações de Andrew McChesney, da Adventist Review, e da ANN]

Check Also

A-privatização-da-fé-slider

A privatização da fé

Entenda por que ela foi confinada à vida particular e de que maneira pode voltar a exercer maior relevância na esfera pública.

  • Valéria Barcellos

    O Senhor em Sua grandeza, tem permitido que nossa igreja seja conhecida mundialmente, através de várias oportunidades: Ben Carson, este filme, o filme de nossa igreja, uma grande emissora de tv falando sobre nosso estilo de vida saudável. ….que possamos ser um bom exemplo é aproveitar essas oportunidades para falarmos de Jesus. “Ouço os passos de um Deus que se aproxima”….Parabéns pelas iniciativas pensadas e que serão, com a graça de Deus, oportunidades de salvação.