Na linguagem de hoje

Lançamento do terceiro livro da série Conflito confirma sucesso da coleção que tem aproximado os jovens dos escritos de Ellen White

OLibertadorUm telefonema da sede sul-americana da igreja à CPB em meados de 2014 daria início a um sonho de muitos adventistas brasileiros: ter a Série Conflito, de Ellen White, em uma linguagem que as novas gerações pudessem entender. O projeto original em inglês foi uma iniciativa do White Estate, órgão responsável pela conservação e divulgação do legado da pioneira, e surgiu primeiramente para dar suporte ao estudo da Lição da Escola Sabatina dos Adolescentes.

Como era de se esperar, a proposta foi muito bem aceita, mostrando que há uma demanda por esses materiais. No Brasil, Os Escolhidos, primeiro livro da série, correspondente à obra ­Patriarcas e Profetas, teve quase 60 mil exemplares de tiragem em menos de dois anos, enquanto Os Ungidos, versão atualizada de Profetas e Reis, já soma 22 mil cópias em um ano de circulação.

Mensagens e ligações que recebemos na editora apontavam para uma boa expectativa também em relação ao terceiro volume. O Libertador é uma adaptação do livro From Heaven With Love [Do Céu com Amor], uma edição condensada do clássico de Ellen White sobre Jesus, O Desejado de Todas as Nações, publicada em 1984. O volume condensado incluía todos os capítulos da obra original, usando somente as próprias palavras da autora, mas com a narrativa abreviada.

A nova adaptação, porém, realizada recentemente pelo White Estate e agora traduzida para o português, vai um passo além. Isso porque usa algumas palavras, expressões e construções de frases mais familiares ao leitor do século 21. Ocasionalmente, ela resgata alguma frase deletada na versão condensada original. A maioria das citações bíblicas é da Nova Versão Internacional (NVI). Assim, espera-se que os leitores iniciantes nos escritos de Ellen White tenham uma experiência marcante e se sintam motivados a ler as edições originais da autora.

O Libertador é uma das melhores e mais completas biografias de Jesus. A obra descreve com beleza poética, precisão bíblica e profundidade teológica a vida de Cristo desde seu nascimento até sua triunfante apresentação diante do Pai. Ler ou reler essa história a partir da percepção de Ellen White é como enxergar além da cortina e conhecer os surpreendentes detalhes do maior ato de amor do Universo, que ligou para sempre a Terra ao Céu.

Pouco antes de sua morte, em 1915, Ellen White demonstrou preocupação com a literatura disponível para os jovens e pediu ao seu filho, William, que fossem feitos esforços para tornar os livros dela acessíveis especialmente a esse público. Sobre os volumes da Série Conflito, que retrata a guerra cósmica entre o bem e o mal, ela escreveu que eles deveriam ser espalhados ao redor do mundo, como silenciosas testemunhas de Deus para que cumpram seu papel em tempo oportuno (Review and Herald, 20 de janeiro de 1903).

A CPB está seguindo o conselho inspirado, e o retorno tem sido perceptível. A previsão é de que até o fim de 2017 os outros dois volumes sejam lançados, completando a série. Quem sabe, a proposta de atualização da linguagem se estenda para outros títulos de Ellen White. Ao que parece, o público vai gostar.

NEILA OLIVEIRA é editora de livros e da Lição da Escola Sabatina dos Adolescentes

Veja também

Propaganda falsa

Que a dieta mediterrânea faz bem para o coração é um fato. Duvidoso é concluir que o segredo dela é o consumo moderado de vinho.