A composição religiosa do novo Congresso dos EUA

Pesquisa mostra que número de parlamentares cristãos se manteve ao longo dos últimos 50 anos no país, mas que protestantismo vem perdendo força na Câmara e no Senado
Embora 99% dos Republicanos e 80% dos democratas se declarem cristãos, percentual de protestantes no Congresso dos EUA tem caído nas últimas décadas. Créditos:
Embora 99% dos republicanos e 80% dos democratas se declarem cristãos, percentual de protestantes no Congresso dos EUA tem caído nas últimas décadas. Créditos: Bill Clark/CQ Roll Call

O percentual de americanos que se descrevem como cristãos tem diminuído nas últimas décadas, mas o Congresso dos Estados Unidos é quase tão cristão quanto era no início dos anos 1960. É o que aponta um novo estudo do Pew Research Center, feito com base em dados compilados pela agência de pesquisas CQ Roll Call.

De acordo com o levantamento, 91% dos membros da 115ª legislatura, que teve início neste mês, se declaram cristãos. Em 1961, no contexto do 87º Congresso, eles representavam 95%.

Divulgada no início deste mês, a pesquisa também mostra que o Partido Republicano continua sendo majoritariamente cristão (99%). Dos 293 republicanos eleitos, apenas dois são judeus.

Já entre os democratas a diversidade religiosa é maior. Dos 242 membros do partido, 80% se declaram cristãos. Nos 20% restantes há 28 judeus, três budistas, três hindus, dois muçulmanos, um unitário-universalista e um sem filiação religiosa.

Por outro lado, o estudo aponta que o Congresso dos EUA se tornou muito menos protestante ao longo do tempo, o que reflete a tendência de perda de identidade do protestantismo no país como um todo. A porcentagem total de protestantes caiu de 75% em 1961 para 56% atualmente. Em contrapartida, no mesmo período, a participação dos católicos passou de 19% para 31%.

Dois terços dos republicanos no novo Congresso (67%) são protestantes, enquanto 27% são católicos. A divisão entre protestantes e católicos é mais significativa entre os democratas: 42% são protestantes e 37% são católicos.

The religious makeup of the 115th Congress
Infográfico mostra a composição religiosa da equipe que compõe o 115º Congresso dos Estados Unidos. Créditos: Pew Research Center

Uma análise mais estratificada também mostrou como as duas maiores influências religiosas (protestantismo e catolicismo) no Congresso norte-americano estão distribuídas na Câmara e no Senado. Segundo o centro de pesquisas Pew, ambas as casas legislativas têm maioria protestante (58% no Senado e 55% na Câmara). No caso da Câmara, o grupo protestante mais numeroso é o dos batistas, enquanto no Senado presbiterianos e luteranos compõem a maior parte.

No que diz respeito à presença de adeptos do catolicismo, eles representam um terço dos membros da Câmara (33%) e cerca de um quarto do Senado (24%).

Outro objetivo da pesquisa foi comparar dados da pesquisa sobre a composição religiosa do Congresso com o de outras pesquisas envolvendo a população em geral. A partir do cruzamento de informações, foi possível concluir, por exemplo, que alguns grupos religiosos, incluindo protestantes, católicos e judeus, têm maior representação no Congresso do que na população em geral. Os judeus, por exemplo, representam 2% da população adulta dos EUA, mas respondem por apenas 6% do Congresso. Já outros grupos – incluindo budistas, mórmons, muçulmanos e cristãos ortodoxos – estão representados no Congresso em proporção aproximadamente igual à sua parcela do público norte-americano.

O grupo que mais notavelmente está sub-representado é o dos sem filiação religiosa. Embora 23% dos habitantes dos EUA se incluam nesse segmento, no Congresso há somente um membro que se declara religiosamente não afiliado (0,2%). [Equipe RA, da redação / Com informações de Aleksandra Sandstrom, do Pew Research Center]

Veja também

Congresso de comunicação

Confira as datas para submissão de trabalhos no evento pioneiro que reunirá profissionais adventistas de vários países.