O plano de Deus para você

Entenda a graça divina e seus efeitos em sua vida
Crédito: Fotolia

Imagino uma reunião no Céu. Pai, Filho e Espírito Santo conversam sobre mim. O Pai lê o relatório de minha vida, e vê quão pecador eu tenho sido. Ele Se volta para as outras divinas pessoas da Trindade e diz: “Ele é realmente um grande pecador. Ele tem acumulado fracasso após fracasso e não tem correspondido ao investimento que fizemos nele. Filho, Você morreu na cruz por ele. Espírito Santo, Você tem Se aproximado dele, mas parece que ele não tem aproveitado Seu poder. Apesar de tudo o que investimos, ele não tem produzido o fruto de uma vida santificada. O que faremos?”

Surpreendentemente, Deus Filho responde: “Vamos dar a ele mais graça e mais oportunidades para se salvar e se santificar. Vamos investir mais nele. Espírito Santo, esteja mais com ele, persuada-o a Nos buscar. Tenho um plano muito especial para ele. Já que ele pecou tanto, quero demonstrar nele o tamanho de Nosso poder divino, para testemunho a todos. Ele tem muitos traumas e sequelas de seus muitos pecados, acumulados e repetidos ao longo dos anos. Exatamente por isso, quero demonstrar nele quanto podemos regenerar um ser humano. Vamos transformá-lo de um fracasso total em uma pessoa extraordinária, um ser humano parecido Conosco.

O Espírito Santo completa: “Se ele Nos aceitar, vou estar com ele e nele, e preencher seu coração com o amor do Pai e com a graça de Cristo. Assim, ele terá seus pecados perdoados, limpos e purificados, e poderá crescer em santificação. Quero cultivar o solo de seu coração de modo a arrancar as ervas daninhas dos vícios, exterminar as pragas do mundanismo, plantar a semente do amor, irrigando-a com a chuva de bênçãos espirituais até florescer numa imagem semelhante à de Cristo e produzir o fruto do Espírito.”

As três Pessoas divinas concordam. Decidem que eu não sou um caso perdido, pelo menos não para Eles, pois fariam o impossível e investiriam o inimaginável para que eu, o mais miserável dos pecadores, me transformasse em alguém extraordinariamente digno e honrado. Alguém semelhante à divina pessoa de Jesus!

Nesse instante, sinto que Cristo bate à porta do meu coração e me faz, por meio do Espírito Santo, a proposta maravilhosa da graça. Pergunto quanto eu preciso pagar para ter todo esse plano maravilhoso acontecendo em mim…

Jesus me responde: “Desista de tentar vencer com seus próprios esforços, entregue-Me seus pecados, aceite Meu perdão e busque Minha presença. Descanse em Mim. Isso é a graça!”

Como poderia eu rejeitar a proposta maravilhosa da graça? Eu não mereço o que Deus quer fazer por mim. Mas a graça é o favor imerecido de Deus. Eu não só não a mereço, como não tenho porque tentar merecê-la. A religião que tenta merecer a graça de Deus torna-se em uma desgraça… Neste mundo competitivo, em que tudo se mede pelo desempenho, tudo se conquista pelo esforço, e todo investimento é direcionado ao que tem potencial de retorno maior que o investimento feito, é difícil entender que Deus esteja de tal maneira disposto a fazer por nós o que não merecemos e a nos dar o que não conquistamos e o que não podemos pagar. Entender a graça é se libertar do orgulho que tenta recompensar a obra de Deus e da mediocridade de se achar indigno de amor e de aceitação não merecidos. Deus é o único que compra um navio afundando ou uma casa que está pegando fogo simplesmente para resgatá-los da destruição e fazer deles Sua posse preciosa. Ele investe tudo em um pecador perdido para transformá-Lo pelo Seu poder num santo. Isso é graça!

FERNANDO DIAS é pastor e editor da Casa Publicadora Brasileira

Veja também

Legado profético

O primeiro Centro de Pesquisas Ellen G. White do Brasil completa 30 anos. O desafio hoje é ir além do meio acadêmico e criar iniciativas que popularizem nas igrejas locais os escritos da pioneira.