Refúgio para os imigrantes

Saiba o que os adventistas têm feito ao redor do mundo em favor dos refugiados

Divulgado recentemente pela Agência da Nações Unidas para Refugiados (Acnur), o relatório Tendências Globais revelou que, até o fim do ano passado, aproximadamente 65,6 milhões de pessoas haviam sido forçadas a deixar seu local de origem por causa de guerras, violência e perseguição religiosa.

Sensíveis aos reflexos daquela que é considerada uma das maiores ondas migratórias da história, organizações como a ADRA (Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais) e outros ministérios de apoio têm intensificado a assistência aos imigrantes. O boletim da ANN desta semana dá um panorama do trabalho da igreja em países como Itália, Iraque, Grécia e Romênia, onde recentemente o projeto Esperança Para os Refugiados foi premiado pela Sociedade Civil Romena. [Equipe RA, da Redação / Com informações de Márcio Basso Gomes]

ASSISTA

Veja também

Legado profético

O primeiro Centro de Pesquisas Ellen G. White do Brasil completa 30 anos. O desafio hoje é ir além do meio acadêmico e criar iniciativas que popularizem nas igrejas locais os escritos da pioneira.