Evangelho na tela

Vista como grande aliada na evangelização, a TV tem recebido novos investimentos da igreja em diversas partes do mundo
Márcio Basso Gomes
Construção de um novo estúdio de TV na Suécia deve profissionalizar a produção audiovisual e ampliar a influência da mensagem adventista na região. Foto: LifeStyleTV

A primeira transmissão de um programa de TV adventista aconteceu nos Estados Unidos no dia 25 de março de 1956. Idealizado e apresentado pelo pastor George Vandeman, o It Is Written (Está Escrito) também foi a primeira atração cristã em cores da história da televisão americana.

Seis décadas depois dessa iniciativa pioneira, a igreja ao redor do mundo conta com 46 canais que transmitem programações em 57 idiomas. Um dos últimos colocados no ar foi o Canal 11 da Samoa Americana.

Vista como grande aliada na evangelização, a TV tem se fortalecido inclusive em países como a China, onde recentemente foi inaugurado um novo estúdio em Taipei, no estado de Taiwan. Desde 2007, quando começou a operar, o Hope Channel chinês já produziu mais de 500 programas, muitos deles transmitidos pela TV pública taiwanesa. E a partir de 2011 ele começou a ter sua programação em tempo integral no ar.

A produção audiovisual também será uma das ferramentas que a igreja pretende usar por ocasião da ­campanha evangelística que será realizada neste ano na terra do sol nascente. Para esse momento, o Hope Channel do Japão, em parceria com 25 profissionais, sendo 13 de centros de mídia do Brasil, Austrália, Índia, Filipinas e Ásia Central, produziu 130 vídeos.

Últimas novidades

Nas Ilhas Fiji, o Hope Channel é o único canal cristão de TV que funciona 24 horas por dia no arquipélago da Oceania. Em 1º de novembro, ele começou a transmitir em sinal aberto através da plataforma digital Walesi. De acordo com John Tousere, diretor do canal, a TV adventista terá o potencial de alcançar 94% da população de aproximadamente 900 mil pessoas. “Fiji está começando a transição do sinal analógico para o digital. Como nossa TV já transmite em sinal digital, o futuro do Hope Channel Fiji é bastante promissor”, acrescenta o pastor Williams Costa Jr., líder mundial do departamento de Comunicação da Igreja Adventista.

Um pouco mais para a esquerda do mapa, na Austrália, o programa At the Table (À Mesa) também começou a ser transmitido em sinal aberto. A atração, que vai ao ar todos os sábados pelo Canal 10, é veiculada igualmente na Nova Zelândia, além de estar disponível no YouTube, Facebook e no site oficial do programa.

Sonho realizado

É da pequena cidade de Hörby, no sul da Suécia, que a mensagem adventista é também transmitida 24 horas por dia, 7 dias por semana, para suecos, noruegueses e dinamarqueses, tanto nos idiomas locais quanto em inglês. O sinal vai ao ar através da LifestyleTV, emissora mantida totalmente por doações.

No mês de novembro, a LifestyleTV recebeu autorização para construir um novo estúdio, de 950 m². A obra, prevista para ser inaugurada em agosto, servirá para substituir o atual estúdio, que há 12 anos fica na sala de uma casa. “Sonhamos com este dia e por ele oramos durante muitos anos”, afirma Claus Nybo, fundador e líder da LifestyleTV.

“A internet está em expansão, mas a TV ainda é um ­veículo de muita expressividade. Quando a TV surgiu, todo mundo dizia que o rádio iria desaparecer. Porém, ele continua firme e forte até hoje, assim como jornais, revistas e livros”, Costa Jr. lembra. Por isso, a tendência é que a igreja continue investindo nessa mídia para levar esperança através da telinha.

MÁRCIO BASSO GOMES é jornalista (com informações da ANN, Adventist Review e Adventist Record)

(Matéria publicada originalmente na edição de janeiro de 2018)

Veja também

No casamento real

Veja qual foi a participação de dois adventistas na cerimônia matrimonial do príncipe Harry e Meghan Markle.