Legado musical

A contribuição da cantora Del Delker para a memória musical e espiritual da igreja
Cantora adventista morreu aos 93 anos

Ícone da música adventista, a cantora Del Delker faleceu nesta quinta-feira (31 de janeiro) na Califórnia. Sua bela voz se tornou conhecida entre os cristãos, especialmente depois de ter ingressado, em 1947, no programa de rádio adventista Voice of Prophecy. A partir dessa data, ela passou a cantar com o quarteto The King’s Heralds, nos Estados Unidos.

Tornar-se cantora adventista representou uma guinada em sua carreira artística, já que anteriormente ela sonhava em ser cantora de bandas que tocavam em concursos de dança. Chegou a realizar parcialmente seu desejo ao cantar para os soldados americanos durante a II Guerra Mundial.

Nascida em 1924, Ardella V. Delker, seu nome original, era filha de adventistas. Porém, Del Delker, seu nome artístico, só aceitou a fé adventista em março de 1947. Foi então que, atendendo ao convite do compositor e arranjador Wayne Hooper, ela passou a fazer solos no programa de rádio.

Seu timbre de contralto e seu modo suave e elegante de cantar encontraram um aliado na nova tecnologia de microfones dos anos 1940, que favorecia a projeção de maior nuance vocal. Por exemplo, foi nessa época que prevaleceram as vozes cheias de sutilezas de Peggy Lee e Frank Sinatra.

Ouça sua voz entoando hinos tradicionais como “Under His Wings” e “Day by Day” ou hoje clássicos do gospel “I Will Pilot Thee”, “The Night Watch” e “He Touched Me” e note como ela soube utilizar o então novo equipamento de gravação.

Aliás, quando questionada sobre a gravação do repertório gospel daquela época, ela disse: “Tudo que precisa ser dito é que as músicas gospel são eficazes. Não entro em discussão com pessoas que preferem as músicas clássicas. Elas estão no seu direito. Mas eu a digo a eles: Não agridam o que está dando aos outros inspiração, encorajamento e despertar espiritual! Não depreciem uma ferramenta que o Senhor usou e está usando!” [Review and Herald, 1970, 147 (19), p. 16-17].

Del Delker serviu ao ministério da Voz da Profecia por várias décadas, gravando músicas em diferentes idiomas. Ela participou ativamente de programas radiofônicos pioneiros dos adventistas no Brasil, cantando solos com boa dicção em português e acompanhando o quarteto Arautos do Rei. Procure ouvir “Foi Assim”, versão da canção gospel “Through it All”, e note a expressividade e a elegância do canto de Del Delker.

Nos anos 1980, ela fez parceria em campanhas de evangelismo com o músico Hugh Martin, então recém-convertido ao adventismo e autor da melodia do clássico natalino “Have Yourself a Merry Christmas”. E ainda, em 2001, Martin tocou piano para Del Delker, com quase 80 anos de idade, regravar essa música, dessa vez com o título “Have Yourself a Blessed Christmas”.

Del Delker deixa um legado inspirador de belas interpretações vocais e de uma vida dedicada à missão da igreja.

JOÊZER MENDONÇA, doutor em Musicologia (Unesp) com ênfase na relação entre teologia e música na história do adventismo. É professor na PUC-PR e autor dos livros Música e Religião na Era do Pop e O Som da Reforma: A Música no Tempo dos Primeiros Protestantes.

Veja também

Ministério da cura

No Dia do Médico, conheça o profissional que há três décadas tem inspirado outros a integrar medicina e missão.