Ajuda às vítimas da inundação

ADRA mobiliza recursos e doações diante das fortes chuvas que deixaram quase 400 mortos e milhares de desabrigados no sul da Índia
Foto: ADRA Canadá

A pior inundação registrada na Índia nos últimos 80 anos deixou um rastro de destruição, provocou a morte de quase 400 pessoas e obrigou cerca de um milhão de indianos a deixarem suas casas. Os primeiros relatórios indicam que muitos membros e igrejas adventistas também foram severamente afetados.

Em resposta ao desastre causado pelas chuvas de monções, a igreja tem mobilizado voluntários e recursos para a assistência imediata às famílias nas regiões mais críticas. Como informou a agência internacional de notícias da igreja, a Adventist News Network (ANN), estradas e edifícios foram submersos, árvores foram arrancadas e milhares de casas, danificadas. A queda de mais de 130 pontes também isolou algumas áreas. Além disso, o aeroporto de Cochin, o mais movimentado de Kerala, foi fechado.

Diante do número de pessoas que necessitam de abrigo, alimento e assistência médica, diversas instituições de caridade internacionais tem oferecido apoio às autoridades locais. Além do treabalho que vem sendo realizado pelos adventistas no palco do desastre, a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) no Canadá lançou uma campanha para levantar recursos que serão destinados às vítimas.

Atuação constante

Nos últimos anos, tem sido grande o impacto das chuvas de monções na Índia. Em 2017, por exemplo, as enchentes no estado de Bihar, no norte do país, atingiram mais de 17 milhões de pessoas e causaram a morte de mais de 500 moradores. A inundação recorde exigiu a atuação da ADRA em todo o estado. Depois de avaliar o cenário, a agência humanitária igualmente mobilizou voluntários na distribuição de kits de higiene e limpeza, cobertores, lençóis, lâmpadas solares e utensílios de cozinha.

Nos últimos 15 anos, a ADRA teve um papel fundamental nas resposta às inundações na Índia. Sua principal atuação ocorreu em 2005, 2008, 2009, 2012, 2013, 2015, 2017 e 2018. [Com informações da equipe da Adventist Review]

Veja também

Receita adventista

O mundo está redescobrindo o sabor das proteínas vegetais.