Pesquisa pode levar à cura do câncer no sangue

Médico adventista está na vanguarda de um tratamento revolucionário contra a doença
VANIA CHEW
Dr. Ken Micklethwaite: médico adventista tem desenvolvido novas formas de terapia com células imunes modificadas e reduzido o custo do tratamento

Pesquisas desenvolvidas por um médico adventista de Sydney, na Austrália, podem levar à cura do câncer no sangue. O tratamento revolucionário foi tema da versão australiana do programa 60 Minutes (para assistir, clique aqui).

Juntamente com sua equipe do Westmead Institute, o doutor Ken Micklethwaite tem trabalhado com células imunes modificadas, as chamadas células T-CAR, que podem ajudar a curar o câncer no sangue. Em circunstâncias normais, nosso sistema imunológico não consegue distinguir as células cancerígenas das células saudáveis. No entanto, essas células T modificadas podem.

“Pegamos células do sistema imunológico que não conseguem ver o câncer e inserimos um gene que permite que elas realmente vejam e depois respondam e matem as células cancerígenas”, disse Micklethwaite ao repórter Charles Wooley.

O tratamento com células T-CAR já foi aprovado pela Food and Drug Administration, agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, e tem uma taxa de sucesso de 70% a 80%. No entanto, trata-se de um procedimento extremamente caro. Para se ter uma ideia, o paciente precisa desembolsar cerca de meio milhão de dólares. Contudo, uma das grandes contribuições da pesquisa desenvolvida pelo doutor Micklethwaite é que ela reduz significativamente o custo do tratamento.

Membro da Igreja Adventista do Sétimo Dia de Epping, o médico está otimista com as ramificações dessa descoberta revolucionária. “A equipe da Westmead vem trabalhando duro há quase 10 anos para nos levar até onde estamos hoje”, ele afirmou. “As coisas ainda estão na fase inicial, mas se pudermos ser parte da história da cura do câncer, valerá a pena”, acrescentou.

VANIA CHEW é editora assistente da Adventist Record, revista adventista da Austrália

Veja também

Nova versão da Bíblia de Estudo Andrews

Universidade adventista norte-americana anuncia o lançamento da edição na Nova Versão Internacional (NVI).