Conteúdo acessível

O responsável pelo site dos escritos de Ellen White fala sobre o grande alcance e a reestruturação da plataforma
Lucas Diemer Lemos
Crédito da foto: William de Moraes

Diretor assistente no Ellen G. White Estate, Darryl Thompson é a combinação de senso de missão e competência técnica aplicada ao trabalho que tem desenvolvido desde 2002 nessa instituição que administra e divulga os escritos de Ellen White. Na década de 1980, o livro Caminho a Cristo levou Thompson a um comprometimento com a obra de Deus. Sua experiência na área de tecnologia tem contribuído para que pessoas em todo o mundo tenham acesso aos livros da autora norte-americana e cofundadora da igreja. Nesta entrevista, concedida durante uma visita à CPB, Thompson fala sobre o alcance e as novidades do egwwritings.comsite adventista que registra o maior número de acessos, boa parte deles da chamada Janela 10/40.

O que temos disponível atualmente?

site e o aplicativo dão acesso a conteúdos em 134 línguas. Todo o material em inglês escrito por Ellen White está disponível para o público em geral, desde livros, periódicos, edições especiais, manuscritos, cartas e panfletos até documentos históricos relacionados à sua vida e algumas Bíblias. O site já registra mais de 2 milhões de acessos por mês, sendo 100 mil só do Brasil.

Qual é o perfil dos usuários que acessam o site?

Atualmente, existem 300 mil usuários cadastrados para receber novidades ou mensagens diárias. Por questões de privacidade, as únicas informações que temos dos usuários são nome ou screen names (pseudônimos), e-mail e país de onde estão acessando, dados que não são compartilhados com nenhuma instituição. Temos usuários de todas as partes do mundo, incluindo lugares cujo acesso a materiais religiosos é proibido. Em dezembro de 2018, identificamos um número expressivo de acessos em países da Janela 10/40, e isso se deu ao fato de existir conteúdo na língua desses usuários. Um dos livros mais acessados é O Grande Conflito e um dos termos mais buscados é “fim dos tempos”.

Fale um pouco sobre essa nova versão do egwwritings.com.

Atualmente, o conteúdo é armazenado na nuvem, ou seja, no próprio ambiente virtual, com diversos servidores espalhados em lugares estratégicos no mundo que tornarão o acesso ao novo site muito mais rápido. Um novo layout está sendo criado para diferentes dispositivos. Haverá um novo recurso de busca com filtros por categorias. Materiais como dicionários, concordâncias, recursos de indexação e Bíblias estarão incluídos nas pesquisas também. Assim, as pessoas terão acesso a essas ferramentas em uma mesma tela. Outra novidade será o recurso “Minha Biblioteca”, que memorizará suas atividades. O usuário poderá marcar suas atividades de leitura e retomar a qualquer momento que desejar.

Haverá algum tipo de recurso especial para internautas que não professam a fé adventista?

Não há como saber se um usuário é adventista ou não, mas um novo recurso que iremos disponibilizar funcionará da seguinte maneira: se a pessoa buscar um determinado conteúdo, haverá sugestões de conteúdos extras que darão acesso a estudos bíblicos.

Qual é a sua motivação pessoal para desenvolver esse trabalho?

Eu cresci lendo e ouvindo trechos dos escritos de Ellen White nos cultos em família. Seus livros me ajudaram a ter uma comunhão mais profunda com Jesus e a ser uma pessoa diferente. Eu só entendi que a justificação pela fé era um relacionamento com Cristo quando li sobre isso em livros de Ellen White. Esses livros apontam para as Escrituras, trazendo ­conteúdos que nos preparam para uma vida plena com Deus. São as cartas de Deus para nós.

Veja também

Firme na Rocha

Internato carioca completa 80 anos procurando manter vivo o elo entre a fé e o ensino.