Orações pelo Burundi

A Igreja Adventista continua sendo alvo de intolerância religiosa nesse país africano. No fim de outubro, o governo nacional ordenou a prisão do pastor Lamec Barishinga, líder da União do Burundi. Diante da série de intimidações, ameaças, prisões injustas e restrições para o funcionamento dos escritórios administrativos da denominação, a sede mundial da igreja lançou a campanha global de oração intitulada # Pray4Burundi, em favor dos 186 mil adventistas que vivem naquele país.

Veja também

Fim de jornada

Kari Paulsen, esposa de ex-presidente mundial da igreja, morre aos 85 anos.