Mundo em revista

Toda sexta-feira, um resumo dos principais fatos que repercutiram ao longo da semana na imprensa adventista nacional e internacional
MÁRCIO TONETTI
Na Espanha, ministério de apoio à igreja presta consultoria para quem está com dificuldade para manter a própria empresa em meio à crise. Crédito da imagem: Divulgação

A pandemia do novo coronavírus mergulhou a economia em uma crise bastante severa. Em poucas semanas, países passaram do pleno emprego a um recorde histórico de desemprego, como noticiou o site do El País no fim de abril. Segundo os analistas, as medidas de isolamento para conter a disseminação do vírus causaram um impacto direto especialmente nos pequenos negócios, o que gera grandes dificuldades em países como o Brasil, onde 99% das empresas são de pequeno porte e respondem por 50% dos empregos e 30% do faturamento. “Nossos estudos no Sebrae mostram que os segmentos da construção civil, de alimentação fora do lar, além de moda e varejo tradicional estão entre os mais prejudicados pela pandemia da Covid-19 no Brasil”, disse recentemente Carlos Melles, presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, em uma entrevista ao site da revista IstoÉ Dinheiro.

A recuperação, como preveem os economistas, deve ser lenta. E muitos empresários precisarão de ajuda, tanto governamental quanto de outros setores da sociedade, para não fechar definitivamente as portas.

SERVIÇO DE CONSULTORIA

Na Espanha, um dos países mais castigados pela pandemia e que, nas últimas semanas, iniciou um processo gradual de reabertura do comércio, a igreja já tem dado esse suporte por meio da Associação Adventista de Empresários e Profissionais Liberais. Nesta quinta-feira (7), a entidade ministrou mais uma webinar sobre gestão financeira por meio do ZOOM, aplicativo de videoconferências. O objetivo foi mostrar como otimizar os negócios nesses tempos de turbulência. Os seminários gratuitos estão sendo organizados em parceria com profissionais adventistas e outros ministérios de apoio. “Pretendemos seguir organizando esses seminários durante todo o mês de maio e também no contexto pós-pandemia, a fim de continuar ajudando nossos profissionais e empreendedores a melhorar suas habilidades e ferramentas de gerenciamento”, informou Ernesto Dúo, presidente da ASI (Adventist Laymen’s Services & Industries) na Espanha.

Por meio desse serviço de consultoria, a entidade tem compartilhado ferramentas e orientações visando melhorar processos como redução de custos e digitalização dos negócios, além de falar sobre medidas trabalhistas que podem ser tomadas para enfrentar a crise e mostrar novas oportunidades para empreender (saiba mais aqui).

Pensando em quem igualmente está precisando de orientação para manter o equilíbrio das finanças domésticas, o Portal Adventista também trouxe nesta semana dicas do educador financeiro Felipe Benfenatti “que podem trazer alívio para o bolso e serem adotadas como um novo estilo de vida no que diz respeito às finanças pessoais”.

ARRECADAÇÃO DE ALIMENTOS

Montante arrecadado através de uma campanha on-line no Chile

O grande número de famílias impossibilitadas de garantir o sustento tem motivado esforços de instituições e voluntários da igreja por toda parte. Felizmente, ações como arrecadação de alimentos se multiplicam. Entre os números divulgados nesta semana, destaque para o Chile, onde uma campanha realizada pela internet angariou 203,7 toneladas de alimentos, que serão transformados em mais de 14 mil cestas básicas.

No Brasil, a “Live solidária” transmitida no último sábado pelo canal da Gravadora Novo Tempo no Youtube, com a participação de cantores conhecidos no meio adventista, também teve resultados muito positivos. Mais de 3 mil colaboradores doaram 8,8 mil cestas básicas e quantias em dinheiro que totalizaram mais de meio milhão de reais. Com esses alimentos e recursos, mais de 3 mil famílias devem ser beneficiadas.

AUXÍLIO EMERGENCIAL

Ainda no Brasil, um grupo de jovens de Palmeira das Missões, no Rio Grande do Sul, tomou a iniciativa de atender outra necessidade. Na praça da cidade, eles usaram seus smartphones para ajudar os moradores a solicitar o auxílio emergencial disponibilizado pelo governo federal. O cadastro para receber o benefício é feito via aplicativo, o que tem gerado dificuldade para algumas pessoas. Diante disso, o contador Edemilson Bueno, juntamente com outros voluntários, decidiu oferecer suporte à população do município gaúcho (leia mais sobre a ação aqui).

Ação realizada por voluntários adventistas em Imperatriz, no Maranhão

Já em Nova Friburgo, no Rio de Janeiro, membros da igreja saíram às ruas para trocar cerca de 4 mil máscaras artesanais por alimentos em frente de supermercados da cidade. Gesto de solidariedade que foi tema de reportagem da rede Globo na região.

Algo parecido ocorreu em Imperatriz, no Maranhão, um dos oito estados brasileiros que concentram mais casos de morte por Covid-19. Lá, a Ação Solidária Adventista e alunos de um colégio adventista da cidade promoveram o projeto “Troca Solidária”. Já no Estado de São Paulo, funcionários de oito escritórios administrativos da denominação no território paulista arrecadaram e doaram 5,1 mil cestas básicas (leia mais aqui).

Em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, uma empresária idealizou ainda a “Padaria Solidária”. Por meio da venda de pães semi-integrais, fabricados às terças e quintas por voluntários no espaço gourmet de um centro de influência adventista, recursos têm sido levantados para a aquisição de cestas básicas.

Mãe de dois filhos e chefe do lar, Zenilda tem feito um grande esforço para ajudar outras pessoas a se proteger do novo coronavírus. Foto: arquivo pessoal

Mesmo quem perdeu o emprego está tentando ajudar de alguma forma. É o caso da dona Zenilda Benvindo Pereira, que tem dedicado cerca de seis horas para confeccionar aproximadamente 350 máscaras por dia e, assim, inspirado outras pessoas a fazer o mesmo. Apesar da dificuldade para manter a casa e os dois filhos, ela decidiu não vender os acessórios, mas distribuí-los gratuitamente em unidades de saúde da região em que mora (leia mais aqui).

Seguindo o exemplo dela, um grupo de 260 voluntários das regiões leste e norte de São Paulo estão envolvidos no projeto “Eu te protejo, você me protege – use máscaras, faça máscaras, doe máscaras”. A meta é produzir pelo menos 50 mil unidades para doação, segundo noticiou a Agência Adventista Sul-Americana de Notícias (ASN).

RESPOSTA DA ADRA   

Ao redor do mundo, mais de 2,4 milhões de famílias de 37 países estão recebendo algum tipo de assistência da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (clique aqui para acompanhar o mapa da atuação da agência humanitária ao redor do mundo). Uma reportagem da Adventist Review destacou algumas dessas ações, que incluem doações de equipamentos de proteção e de suprimentos médicos para hospitais dos Estados Unidos, Jamaica e República Dominicana; distribuição de milhares de frascos de álcool em gel para países latino-americanos; entrega de kits de higiene e quantias em dinheiro para pessoas mais impactadas economicamente pela pandemia no Paquistão e nas Filipinas; e assistência à saúde para centenas de milhares de africanos. Além disso, na Europa a ADRA tem usado a tecnologia de impressora 3D para produzir escudos faciais usados por aqueles que estão na linha de frente de combate à doença.

“A pandemia de coronavírus afetou a maneira como a ADRA fornece ajuda humanitária em todo o mundo”, avaliou Mario Oliveira, coordenador da resposta a emergências na ADRA Internacional. “Estou impressionado com a forma como os programas foram redirecionados, adaptaram diferentes soluções e implementaram recursos, com pequenas quantias de fundos em alguns casos, para responder às emergências da Covid-19”, ele acrescentou.

APOIO PARA ESTUDANTES

Jovens voluntários australianos auxiliam universitários estrangeiros que não puderam voltar para casa por causa do fechamento das fronteiras. Foto: Adventist Record

Na Austrália, onde a ADRA também tem distribuído vales em dinheiro para as famílias mais vulneráveis, jovens criaram uma rede de auxílio a universitários de outros países que não conseguiram voltar para casa por causa do fechamento das fronteiras e tentam sobreviver. Percebendo que esse grupo havia sido esquecido durante a pandemia, eles se mobilizaram para fornecer refeições e alimentos não perecíveis especialmente às famílias que perderam sua fonte de renda. Graças a parcerias com a comunidade, serviços de entrega e lanchonetes, eles têm conseguido atender um dormitório internacional onde vivem estudantes de doutorado das três principais universidades de Adelaide, capital do estado da Austrália do Sul (para acessar a reportagem em inglês, clique aqui). Esse trabalho tem aberto portas para alcançar um grupo que até então tinha pouco contato com os adventistas. Fato que está levando o ministério jovem local a pensar na continuidade do projeto no contexto pós-pandemia.

Instituição de ensino superior disponibiliza materiais sobre saúde e educação para download gratuito

Aqui no Brasil, uma das iniciativas interessantes envolvendo uma instituição de ensino superior adventista partiu do Centro Universitário Adventista de São Paulo. Depois de promover uma Live com o objetivo de levantar recursos para auxiliar estudantes, a instituição anunciou nesta semana que está disponibilizando gratuitamente materiais produzidos pelos alunos e professores dos programas de mestrado em Educação e Promoção da Saúde. A série de ebooks, disponíveis para download aqui, traz, por exemplo, orientações sobre como proteger e orientar as crianças em tempos de Covid-19 e a respeito de como manter uma atitude mental positiva na quarentena, entre outros temas afins. Semanalmente, a instituição também tem divulgado em seu portal um boletim científico com um síntese de estudos e pesquisas sobre o novo coronavírus, bem como de serviços e utilidades para o contexto da pandemia, além de tratar de fatos e fake news relacionados à crise na saúde pública.

Do meio acadêmico também vem outra informação de interesse da igreja. Pesquisadores de 26 países, incluindo o Brasil, anunciaram que pretendem investigar os impactos psicológicos que a pandemia do novo coronavírus está causando nos profissionais da saúde e na população em geral (para saber mais, clique aqui). Como publicou o site da Unesp (Universidade Estadual Paulista), uma das instituições que integram esse consórcio de universidades, os resultados desses estudos podem ajudar na definição de medidas que ajudem a minimizar os efeitos psicológicos das pandemias. O questionário, que pode ser respondido por qualquer pessoa acima dos 18 anos, está disponível aqui.

SÉRIES EVANGELÍSTICAS

Enquanto muita gente tem buscado entender o que se passa no mundo e como será daqui pra frente, a igreja tem procurado apresentar respostas bíblicas para os dilemas humanos e um futuro com esperança. Entre os dias 2 e 9 de maio, a Europa de fala francesa pôde acompanhar uma série evangelística intitulada “Além da esperança!”, ministrada pelo pastor Karl Johnson e trasmitida pelo YouTube e o app ZOOM.

Na Austrália, uma parceria entre a Divisão do Pacífico Sul, a União Australiana e o Hope Channel também resultou em uma grande mobilização evangelística na internet, no rádio e na TV. Nesta sexta-feira (8), teve início a série “Previsões da Esperança: Além do Corona”, projetada com o objetivo de oferecer a pessoas secularizadas uma perspectiva religiosa do que está acontecendo no mundo. Na sequência, essas pessoas serão convidadas a assistir as palestras que o evangelista internacional Jon Bradshaw iniciará no dia 15 de maio (saiba mais aqui).

DISPONÍVEL PARA DOWNLOAD

Com o mesmo propósito, a igreja ao redor do mundo têm distribuído diversos materiais no formato impresso ou pela internet. Ainda na Austrália, foram distribuídos milhares de folhetos com informações sobre como fortalecer o sistema imunológico, fator bastante enfatizado pelos adventistas. Já no Brasil, além de informar sobre a Covid-19 e os cuidados necessários para se proteger do vírus, a Casa Publicadora Brasileira disponibilizou uma edição especial da revista Sinais dos Tempos. Para baixar o material gratuitamente, clique aqui. Além disso, a editora da igreja no país também já colocou à disposição dos leitores a versão digital da Revista Adventista de maio, que traz matéria de capa falando sobre as sete últimas pragas. Faça o download do arquivo em PDF aqui.

VEJA IMAGENS DE OUTRAS AÇÕES

MÁRCIO TONETTI é editor associado da Revista Adventista (com informações de Andréia Kals, Érica Tavares, Fernanda Gomes, Jefferson Paradello, Jenifer Costa, Kamila Freitas, Maryellen Fairfax, Vanessa Moraes e Wendel Lima)

Veja também

Mundo em Revista

Os principais fatos que marcaram a semana no Brasil e no exterior.