Gráfica reaberta

O setor gráfico foi um dos que sofreram grande impacto por causa da pandemia. Nos últimos meses, houve registros de problemas locais de fornecimento de matéria-prima, como a descontinuidade da produção de papel na Índia, o que acabou prejudicando ou paralisando as impressões em outros países.

Foi o que aconteceu em Cuba, onde a falta de papel se tornou uma grande preocupação para a igreja. Apesar de os cerca de 38 mil adventistas da ilha serem atendidos com literatura produzida pela Inter-American Division Publishing Association (IADPA), editora adventista que cobre a América Central, periódicos como a Lição da Escola Sabatina continuam sendo impressos em Cuba, por razões logísticas e financeiras. A Divisão Interamericana, cuja sede fica nos Estados, destina os materiais e subsidia a impressão em uma pequena gráfica mantida pela igreja no território cubano.

Porém, com o fechamento das fronteiras e a paralisação da atividade econômica, a igreja se deparou com o problema da falta de matéria-prima. “Papel é como ouro para a nossa igreja aqui”, disse Dayami Rodríguez, diretor de Comunicação da sede administrativa da denominação em Cuba, em matéria publicada no site da Divisão Interamericana no dia 16 de julho.

Nas décadas de 1980 e 1990, a dificuldade de imprimir literatura forçou os adventistas cubanos a usar os mesmos guias de estudo por vários trimestres. E parecia que essa situação se repetiria no contexto atual. Mas, de maneira inesperada, no dia 29 de junho contêineres contendo pallets de papel e 11 mil exemplares da lição da Escola Sabatina do terceiro trimestre chegaram ao porto de Havana. Além de solucionar o problema imediato, os materiais irão permitir que a igreja imprima e distribua, até o fim de setembro, o guia de estudos para os últimos três meses do ano. [Da Redação / Com informações de Libna Stevens e foto de Aldo Perez / Cuba Union]

Veja também

Homenagem nos outdoors

Igreja de Itajaí, no litoral de Santa Catarina, presta homenagem a profissionais da saúde por meio de outdoors.