Atenção

Produção adventista2 min read

Tempo de leitura: 2 minutos
Previsto para ser lançado em abril de 2017, filme O Resgate começa a ser gravado no Chile
Equipe técnica envolve profissionais do Brasil, Argentina e Chile. Foto: Francis Matos
Equipe técnica envolve profissionais do Brasil, Argentina e Chile. Foto: Francis Matos

Durante todo o mês de julho acontecem as gravações do filme O Resgate, que será lançado pela Igreja Adventista do Sétimo Dia na América do Sul em abril de 2017. A produção fará parte dos materiais que serão usados na Semana Santa. O filme deve ser dublado em seis idiomas, a fim de ser distribuído para outros países por meio da sede mundial adventista.

As gravações começaram na última terça-feira, dia 5, no sul do Chile. As primeiras filmagens foram realizadas nos arredores de Chillan e da Universidade Adventista do Chile, onde toda a equipe está hospedada.

O planejamento inicial previa gravações em junho, mas a ausência de neve na região neste período, um fato raro, segundo os meteorologistas, levou a uma mudança de planos. No entanto, a previsão é que a neve caia nos próximos dias, o que será fundamental para a gravação, já que a história se passa num cenário gelado, conforme esclarece Jefferson Nali, diretor executivo do filme. “Começamos pelas gravações das cenas em ambientes fechados, fazendo uma adaptação do cronograma para que conseguíssemos cumprir o planejamento. A história se desenrola em uma montanha gelada e, por isso, estamos na expectativa de que o clima esteja favorável”, afirma.

A Seven Films iniciou a produção há cerca de seis meses, envolvendo cerca de 25 brasileiros, argentinos e chilenos. Alguns deles trabalham para instituições adventistas. Parte do grupo dedicou as férias para para atuar de maneira voluntária.

Sinopse

gravações do filme O Resgate - foto 2
Atores profissionais fazem parte do elenco. Foto: Francis Matos

O filme conta a história de dois jovens que buscam viver uma aventura na montanha: Adam, interpretado pelo ator Mauricio Pitanga, e sua namorada, Joana, personagem da atriz Daniela Paschoal. Porém, algo inesperado acontece, levando Miguel, interpretado pelo ator Leonardo Goulart, a também iniciar a escalada nas montanhas geladas. [Francis Matos, equipe RA]

Sobre Da redação

Da redação
Equipe RA

Veja Também

Conquistas históricas

Decisões do STF, parecer do MEC e aprovação de legislação estadual inédita ampliam a noção de liberdade religiosa e reconhecem os direitos dos observadores do sábado.