Quando surgiu e como funciona a Assembleia da Associação Geral

A primeira assembleia

Os líderes adventistas do sétimo dia se reuniram pela primeira vez em Battle Creek, Michigan, em 1863, “com a finalidade de organizar a Associação Geral”. O encontro começou na noite de 20 de maio, quando foram escolhidos os primeiros líderes da organização. Durante a Sessão, os delegados também elaboraram a constituição e os estatutos da igreja. Foi estabelecido ainda que a liderança da Associação Geral seria composta por três funções: presidente, secretário e tesoureiro, estrutura que permanece até hoje em todos os níveis da administração da igreja.

Battle Creek foi o local de 26 das primeiras 31 Sessões da Associação Geral. Tradicionalmente, esses encontros mundiais têm acontecido nos Estados Unidos. Apenas três assembleias foram realizadas fora do território norte-americano: a de Viena, na Áustria (1975), a de Utrecht, na Holanda (1995) e a de Toronto, no Canadá (2000).

Periodicidade

O tempo entre as assembleias tem aumentado ao longo dos anos. Entre 1863 a 1891 elas eram organizadas anualmente. Já no período de 1891 a 1905, os encontros passaram a ser bienais. Após 1905 houve um hiato na realização de assembleias, que se estendeu até o fim da Primeira Guerra Mundial. A partir de 1918, o evento passou a ser realizado a cada quatro anos, modelo que foi adotado até a assembleia de 1930. Nessa época, em que se desdobrava a chamada Grande Depressão nos Estados Unidos, houve variações na periodicidade das assembleias. A assembleia seguinte foi realizada seis anos depois, em 1936, seguida pela de 1941. Só a partir de 1970 foi que o evento começou a ser organizado a cada cinco anos, segundo estabelece a Constituição da Igreja Adventista.

assembleia-de-Mineapolis-1888

91 delegados se reuniram para a 27ª Sessão da Associação Geral de 1888, em Minneapolis, Minnesota (EUA). Foto: cortesia GC Archives

Transformação ao longo do tempo

Edifícios da Igreja já não poderiam ter GC Sessions pelo início dos anos 1900. Acima, os delegados se encontram no Auditório Exposição em San Francisco, Califórnia, em 1936. (Foto: Cortesia GC Archives)

No início dos anos 1900, templos adventistas já não conseguiam comportar uma assembleia mundial. Na foto, a assembleia de 1936 realizada num centro de exposições em San Francisco, Califórnia (EUA). Foto: Cortesia GC Archives

Nos primeiros anos, as assembleias mundiais da Igreja Adventista do Sétimo Dia reuniam poucas pessoas e aconteciam em pequenas igrejas. Além disso, os participantes vinham de trem, a cavalo ou charrete. Mas a igreja cresceu e hoje a organização das Sessões da Associação Geral demandam uma grande infraestrutura. Poucos lugares no mundo oferecem a logística necessária, com espaço amplo para reuniões, ampla rede hoteleira, transporte e restaurantes para atender mais de 60 mil pessoas durante dez dias.

PERGUNTAS E RESPOSTAS

foto-assembleia-mundial

  1. O que é a Assembleia da Associação Geral?

A Assembleia da Associação Geral é o principal evento internacional na vida da Igreja. É um período de grande empolgação, inspiração, companheirismo e desafios. A Assembleia envolve uma ampla variedade de relatórios, reuniões, exposições e formas de arte, mas o fundamento de tudo isso é a reunião de trabalho da Igreja Adventista do Sétimo Dia mundial. As assembleias da Associação Geral, em harmonia com sua Constituição, são realizadas a cada cinco anos. A Assembleia da Associação Geral é, de fato, uma reunião de trabalho das uniões membros que compreendem a Associação Geral dos Adventistas do Sétimo Dia. Isso inclui todas as uniões-associações e uniões-missões, no mundo todo, juntamente com as missões, associações ou uniões locais da Igreja, adjuntas à Associação Geral ou a uma divisão. Atualmente, há 60 uniões associações, 58 uniões-missões, 9 uniões de igrejas, uma união-missão e um campo diretamente adjuntos à Associação Geral, e unidades de missão/associação locais adjuntas às divisões. Esses números podem mudar até a Assembleia em San Antonio.

  1. O que está envolvido no programa diário?

A Assembleia da Associação Geral ocupa dez dias completos com uma ampla variedade de atividades, programas, promoções, exibições, concertos e reuniões. Cada dia tem início com um devocional fundamentado no tema da Assembleia. (O tema geral para a Assembleia da Associação Geral de 2015, em San Antonio é: “Levante-se! Resplandeça! Jesus Está Voltando!”) O momento do devocional é seguido pela reunião de trabalho que é realizada tanto no período da manhã quanto no da tarde. Já à noite são apresentados ao público devocionais e relatórios das divisões mundiais que proporcionam alguns dos momentos mais inspiradores da Assembleia.

Programas paralelos para grupos específicos também ocorrem ao longo dos dez dias de evento, além dos estandes abertos para visitação.

  1. Quem é responsável pela Assembleia da Associação Geral?

Os administradores da Associação Geral são os responsáveis pelo planejamento e acertos da Assembleia da Associação Geral. Mas a verdadeira autoridade que governa a Assembleia repousa sobre a Constituição e Regulamentos Internos da Associação Geral. A Constituição e o Regulamento Interno descrevem os fins da organização, definem seus membros e detalham sua estrutura e procedimentos.

  1. Como são escolhidos os delegados para a Assembleia da Associação Geral?

A Constituição diz que os delegados da Assembleia da Associação Geral são designados como Delegados Regulares e Delegados Gerais. Todos os delegados, regulares ou gerais, têm direito à plena participação nos negócios da Assembleia. Os membros da Comissão Diretiva da Associação Geral, juntamente com os diretores associados dos departamentos da Associação Geral, serão Delegados Gerais na Assembleia da Associação Geral. Todos os outros delegados são escolhidos em conformidade com os procedimentos constantes na Constituição. Os delegados do território da união-associação são escolhidos pela comissão diretiva da união-associação. Os delegados do território da união-missão são escolhidos pela comissão diretiva da divisão, depois de consultar as organizações envolvidas. Os delegados das instituições da divisão ou da Associação Geral são escolhidos pelas respectivas comissões diretivas da divisão ou da Associação Geral.

  1. Como são determinadas as cotas de delegados?

A Constituição provê orientação explícita para determinar as cotas. É dada consideração a:

  • Membros da divisão como uma proporção dos membros mundiais.
  • Membros da união como uma proporção dos membros da divisão.
  • Número de entidades organizadas (associações/missões, uniões, campos adjuntos locais).
  • Número de instituições da divisão.
  • Instituições da Associação Geral e outras entidades.
  • Cotas mínimas para leigos, pastores, professores e empregados não administrativos.

Embora não sejam impostas cotas, a Constituição espera e assume que os delegados escolhidos para a Assembleia da Associação Geral sejam de ambos os gêneros e reflitam uma gama de grupos etários e de diversas nacionalidades.

info-Em nome dos 18 milhões

Para a Assembleia de San Antonio foram selecionados 2.570 delegados. Os membros da Comissão Diretiva da Associação Geral são automaticamente classificados como delegados. O cálculo para todas as cotas teve por base o número de membros da Igreja em 31 de dezembro de 2013, e o número de entidades elegíveis.

  1. Qual é a função de um delegado?

A principal responsabilidade do delegado é assistir às reuniões de trabalho da Assembleia; ou, se nomeado por uma subcomissão, assistir às reuniões das subcomissões. As pessoas que assistem à Assembleia sem ter o status de delegado podem observar as reuniões de trabalho, mas não têm direito de participar nas discussões dos itens da agenda ou de voto. Espera-se que o delegado avalie, em oração, os itens da agenda no interesse da família da igreja como um todo. Depois de ouvir a discussão, ele pode decidir como votará. Os delegados das uniões não são obrigados a votar como grupo a fim de ver aprovado um ponto de vista específico. Os delegados não devem ir à Assembleia com a ideia de que devem representar apenas os interesses ou o pensamento de sua determinada cultura, nacionalidade ou união.

  1. Somente delegados podem assistir à Assembleia?

A Assembleia da AG é uma reunião aberta – qualquer pessoa pode estar presente – mas somente os delegados e convidados têm a autorização para falar, e somente os delegados podem votar.

  1. Que tipos de itens constam na agenda da Assembleia da Associação Geral?

A agenda de trabalho da Assembleia da Associação Geral contém vários tipos diferentes de itens, todos pertencentes a algum aspecto da família mundial adventista do sétimo dia. A agenda da Assembleia inclui:

  • Relatórios dos administradores da Associação Geral e das divisões mundiais.
  • Admissão de novas uniões como membros constituintes da Associação Geral dos Adventistas do Sétimo Dia. (A Assembleia da Associação Geral também pode remover uma união como membro da Associação Geral.)
  • Eleições de oficiais da Associação Geral, oficiais das divisões, diretores de departamentos e diretores associados de departamentos da Associação Geral.
  • Propostas de correções no Manual da Igreja.
  • Outras questões como doutrinas da Igreja ou ordem da Igreja que foram encaminhadas à Assembleia da Associação Geral pela Comissão Diretiva da
    Associação Geral.
  1. Quais são os itens da agenda a ser votados nesta Assembleia?

Um dia será dedicado à teologia da ordenação e como ela se relaciona com o gênero. Mudanças editoriais sugeridas nas Crenças Fundamentais também serão votadas – a mais significativa será o acréscimo da frase “seis dias literais da criação”, acrescentada nas Crenças sobre a Criação. Mudanças editoriais no Ato Constitutivo e nos Regulamentos também serão votadas, bem como mudanças editoriais no Manual da Igreja – sendo a mais significativa o protocolo disciplinar para a má conduta sexual. Além disso, as uniões recém-criadas serão aceitas através de um voto.

  1. Como os itens entram na agenda da Assembleia da Associação Geral?

A Constituição da Associação Geral define vários itens que rotineiramente são incluídos na agenda. Itens adicionais podem ser encaminhados, de tempos em tempos, pela Comissão Diretiva da Associação Geral. A fim de assegurar o desenvolvimento cuidadoso de cada item da agenda, as novas propostas de delegados individuais geralmente não são discutidas durante a Assembleia. Antes do evento, os itens da agenda podem ter sido processados por várias subcomissões a fim de permitir amplo estudo e avaliação das implicações contidas em qualquer proposta. A Comissão Diretiva da Associação Geral estudará as propostas pertinentes, as correções na Constituição ou no Regulamento Interno ou no Manual da Igreja, bem como quaisquer outros itens referentes à doutrina ou à ordem da Igreja.

  1. Como os delegados ficam sabendo quais itens serão discutidos?

Normalmente, os itens da Assembleia são apresentados na forma de recomendações. Os delegados recebem, antecipadamente, cópias da agenda, antes de chegarem à Assembleia. Durante a Assembleia, esses itens são apresentados e discutidos pelos delegados. As correções podem ser feitas antes da votação. Qualquer recomendação pode ser adotada ou rejeitada durante o processo da votação.

  1. Como ocorre a eleição?

A Assembleia da Associação Geral nomeia comissões permanentes, conforme necessário, para auxiliar nos negócios da Assembleia. A Comissão de Nomeações é uma dessas. Os delegados regulares de cada divisão se reúnem como uma convenção e escolhem um número prescrito de seus membros como membros da Comissão de Nomeações. De igual forma, os delegados gerais se reúnem como uma convenção para escolher alguns de seus membros para a Comissão de Nomeações. A Comissão de Nomeações, em sua reunião inicial, sob a presidência do presidente da Associação
Geral, escolhe seu próprio presidente, vice-presidente e secretários.

A Comissão de Nomeações age para preparar as recomendações quanto aos administradores e diretores de departamentos da Associação Geral. Os delegados de cada divisão se reúnem novamente, como uma convenção, para preparar as recomendações para a Comissão de Nomeações quanto aos oficiais da respectiva divisão. Todas as recomendações da Comissão de Nomeações são apresentadas à delegação toda para aceitação.

  1. Como a ordem é mantida em uma reunião tão grande?

A Associação Geral adotou um conjunto de práticas parlamentares para auxiliar na ordem dos negócios da Assembleia. O livreto da Associação Geral Rules of Order (Regras de Ordem) apresenta os procedimentos que devem ser seguidos. Uma cópia desse livreto é provida a cada delegado como parte do pacote do delegado, recebido no momento em que efetua seu registro.

  1. Qual é a responsabilidade do delegado depois da Assembleia da Associação Geral?

A função oficial de delegado finda no encerramento da Assembleia da Associação Geral. Porém, pelo fato de ter assistido e participado da reunião de trabalho da família mundial dos adventistas do sétimo dia, cada delegado se torna um embaixador voluntário da Igreja. Ele leva de volta para sua terra um conhecimento pessoal da diversidade e unidade da Igreja, de seu avanço e de seus desafios.

Quando possível, o delegado deve ajudar a dar a conhecer aos membros nas igrejas, associações ou missões locais o que ele viu e ouviu na Assembleia
da Associação Geral. Esses relatórios servirão para animar os membros e para promover a renovação do compromisso para com o cumprimento da missão que Deus confiou à Igreja.

  1. Como são registrados, conservados e divulgados os votos da Assembleia da Associação Geral?

A Secretaria da Associação Geral elabora e mantém registro dos votos da Assembleia da Associação Geral. A Adventist Review também publica uma série de informativos que registram os votos da Assembleia, bem como os relatórios dos departamentos da Associação Geral, os resumos das mensagens devocionais e de outras apresentações especiais. Vários desses boletins são distribuídos aos delegados e aos convidados durante a Assembleia. O registro completo e o relatório incluem outros boletins que são publicados depois do encerramento da Assembleia.

  1. Como os membros da igreja podem ficar atualizados sobre os procedimentos e os votos tomados na AG?

Através dos sites revistaadventista.com.br/gc2015 e news.adventist.org [Fontes: site oficial da assembleia e Delegate Information]