Atenção

Pandemia, religião e periferias

1 minuto de leitura
A responsabilidade cristã em relação àqueles que vivem à margem da sociedade, mas que agora estão no centro da crise de saúde pública
Márcio Tonetti e Wendel Lima

O novo coronavírus entrou no país por meio das classes média e alta. Porém, é na periferia das grandes metrópoles que ele tem causado maior impacto. Falta de acesso ao saneamento básico, casas empilhadas e muita gente morando sob o mesmo teto tornam esses ambientes mais favoráveis ao contágio. É nessas “quebradas”, gíria que muitos moradores da periferia usam para definir onde vivem, que o episódio de hoje entra para mostrar o trabalho de uma ONG adventista que atende duzentas crianças em duas comunidades do Rio e a resposta da igreja nas regiões mais afetadas pela Covid-19 na cidade de São Paulo. Também entrevistamos um pesquisador que estudou a relação da Igreja Adventista com uma favela paulistana.

Assine o podcast: Anchor | Spotify | Breaker | Google Podcasts | Pocket Casts

DESCRIÇÃO

Última atualização em 24 de agosto de 2020 por Márcio Tonetti.

Sobre Da redação

Da redação
Equipe RA

Veja Também

Nem só de pão

Os benefícios do jejum, que vão além dos aspectos espirituais e físicos, precisam ser redescobertos e reivindicados pelos cristãos.