Acervos on-line

Sites permitem acessar edições antigas da Revista Adventista, da Vida e Saúde e da Lição da Escola Sabatina

Márcio Tonetti

Página de abertura do novo site do acervo da Revista Adventista. Plataforma disponibiliza exemplares de 1906, data da primeira edição, até hoje

Foi necessário um tempo considerável para digitalizar milhares de páginas e possibilitar que os mais de 110 anos de publicação da Revista Adventista estivessem ao alcance de um clique. O acervo digital do periódico centenário já é utilizado por acadêmicos e historiadores como fonte de pesquisa há quase duas décadas, mas ainda está à espera de ser descoberto pelos membros da igreja em geral.

Trata-se de um banco de dados gigantesco. Um “prato cheio” para quem quer conhecer detalhes, por exemplo, sobre os primeiros anos de adventismo no país a partir de relatos feitos, na época, por fontes primárias, isto é, pelos próprios missionários que desbravaram esse imenso território; para quem talvez pensa em analisar temas como as causas de mortalidade entre os adventistas a partir de seções como Memória (antes conhecida como Dormiram no Senhor) e tendências teológicas ao longo da história da igreja com base no que foi publicado na revista oficial da denominação no país; ou simplesmente navegar pelas páginas da nossa história em busca de curiosidades.

Pensando em popularizar o acesso a esse tesouro histórico, a Casa Publicadora Brasileira (CPB) lançou neste mês uma nova versão da plataforma. No novo endereço (acervo.cpb.com.br/ra) é possível acessar gratuitamente mais de 1,3 mil edições da revista (desde a primeira, publicada em 1906) e utilizar ferramentas de busca, que permitem pesquisar pelos mais de 32 milhões de palavras indexadas. As únicas edições que não constam no acervo são os números especiais da Semana de Oração, que antes da recente fusão da Revista Adventista com a Adventist World eram publicados separadamente, e as edições dos últimos três meses.

James Martins, integrante da equipe de TI e responsável pela atualização da plataforma digital, explica que “o design foi reestilizado e a parte de pesquisa, reindexada”. Em outras palavras, além de modernizar o site do acervo, as mudanças no layout e na estrutura da página visaram facilitar a navegação e a pesquisa. Agora também é possível fazer o download das páginas em formato de imagem (JPEG) e PDF numa resolução superior à que permitia o site antigo.

Outra novidade divulgada pela editora adventista é o acervo on-line da Lição da Escola Sabatina, que reúne, em formato digital, exemplares das duas últimas décadas, e da revista Vida e Saúde, onde o leitor pode acessar exemplares de um período de dez anos (clique aqui). A intenção é que, no futuro, o acervo histórico completo do guia de estudos da Bíblia, que começou a ser impresso em português (fora da Revista Trimensal, atual Revista Adventista) em 1908, esteja ao alcance da igreja na internet, o que demandará, primeiro, o resgate de exemplares impressos que se extraviaram, referentes ao período de 1919 e 1920.

“Ao longo do tempo, esses periódicos têm contribuído efetivamente para a formação intelectual e o crescimento espiritual dos nossos leitores”, pontua o pastor Marcos De Benedicto, editor-chefe da CPB. “Agora, a editora presta mais um grande serviço ao disponibilizar esse rico acervo para todos em uma plataforma bastante amigável”, completa.

MÁRCIO TONETTI é editor associado da Revista Adventista

Veja também

Como interpretar Ellen White

Conheça algumas ferramentas que podem ajudá-lo a compreender os escritos da pioneira no devido contexto.

  • César Monteiro

    maravilhoso