Pesquisa aplicada à vida

Duas obras inéditas dão exemplo  de como o conhecimento científico pode ser acessível e útil para as pessoas em seu dia a dia

Alysson Huf

Num cenário em que notícias falsas se multiplicam de maneira incontrolável, consumir informação de qualidade, de fontes confiáveis, ganha muita relevância. Nesse contexto, o trabalho de pesquisa científica se torna fundamental. O objetivo de toda produção acadêmica é, em última instância, beneficiar as pessoas em seu dia a dia, onde quer que elas estejam. Por isso, todo pesquisador responsável se preocupa em tornar os resultados de seus estudos acessíveis à população em geral. Um bom exemplo disso é a recente publicação pela Unaspress de duas obras inéditas: A Ciência dos 8 Remédios Naturais e Educação e Natureza Humana.

As obras são fruto das pesquisas realizadas ou incentivadas pelos dois programas de pós-graduação stricto sensu do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp): o Mestrado em Promoção da Saúde e o Mestrado Profissional em Educação. Os organizadores de ambos os livros são professores da instituição, e os autores, em sua maioria, também. Agora, por meio da editora universitária do Unasp, as pesquisas são disponibilizadas para todos os públicos, em formato atraente e linguagem acessível.

Com 224 páginas, A Ciência dos 8 Remédios Naturais é organizado pelos doutores Fábio Alfieri e Gina Abdala. Os capítulos do livro foram escritos por acadêmicos ligados ao Mestrado em Promoção da Saúde do Unasp e, como o título deixa bem claro, aborda os famosos oito remédios naturais partindo de uma perspectiva científica. Com base em pesquisas bastante consolidadas, os autores explicam os benefícios desses princípios de saúde, destacados e defendidos por Ellen White há mais de um século e que são a base do estilo de vida adventista.

A obra conta com um projeto gráfico atraente e sofisticado, privilegiando em suas páginas os espaços em que os autores dão dicas práticas de como usar ou aplicar os oito remédios no dia a dia. Ao fim do livro, o leitor ainda encontra um questionário preparado pelo mestrado, por meio do qual poderá avaliar como está sua relação com os princípios de saúde apresentados na publicação e se precisa melhorar ou investir mais em algum aspecto.

Partindo para uma direção um pouco mais conceitual, Educação e Natureza Humana é organizado pelos doutores Milton Torres e Gildene Silva, sendo resultado do trabalho do Mestrado Profissional em Educação do Unasp. Em suas 360 páginas, o livro explora, sob diversos prismas, uma questão fundamental para qualquer educador: a natureza humana.

Muitos filósofos e pensadores influentes opinaram sobre o que é ser humano e se existe uma forma natural de existir e viver, e nessa abrangente obra os autores discorrem sobre as ideias levantas por diversos deles, ao longo de milênios: partindo de Platão e Aristóteles, passando por Agostinho, Kant, Nietzsche e outros até chegar em nomes como C. S. Lewis, Paulo Feire, Chomsky e Derrida. Por meio da análise do pensamento dos intelectuais selecionados, constrói-se um panorama de como a natureza humana é percebida no mundo acadêmico e como isso influencia o trabalho dos educadores.

Com um design elegante e minimalista, a obra também apresenta a perspectiva de Ellen White sobre o tema, o que funciona como um interessante contraponto a muitas das ideias filosóficas não cristãs a respeito do ser humano. Por fim, o livro desperta no leitor o desejo de conhecer a si mesmo e refletir sobre a própria humanidade. Para adquirir esses e outros materiais, acesse: unaspress.com.br.

ALYSSON HUF é jornalista e editor associado da Unaspress

(Resenha publicada originalmente na edição de junho de 2020 da Revista Adventista)

Veja também

A biografia de Ellen White

Conheça a mulher, mãe e esposa que havia por trás da escritora e profetisa.

  • krieger

    obrigado pelas noticias da publicacao de livros da IASD