28 razões para crer

2 minutos de leitura

Livro destaca relação indissociável entre fé e doutrina bíblica

Vinícius Mendes

Foto: Divulgação CPB

Fé e crença não são necessariamente sinônimos perfeitos. Existem nuances que particularizam essas duas palavras. Ligam-se por se fundamentarem nas Escrituras (Rm 10:17), mas distinguem-se por enfatizarem aspectos diferentes da experiência religiosa. Fé é a doutrina em ação; crença é o fundamento da fé. Embora distintas, elas não podem estar distantes na vida cristã. Combinadas, compõem o quadro integral do relacionamento humano com Deus. Nessa equação que une entendimento e sentimento, o resultado é fé inteligente e crença viva. O estudo das Escrituras ilumina a mente e aquece o coração.

Razões Para Crer (CPB, 2022, 144 p.) apresenta as 28 crenças fundamentais adventistas de uma perspectiva experiencial. Autores cultos, sensíveis e perspicazes apresentam sua vivência com um tema doutrinário específico. Mais do que convencer com argumentos racionais, a proposta de cada capítulo é equilibrar emoção e razão e pôr em destaque o “assim diz o Senhor” como base para a fé e a prática.

Ao ler as páginas deste livro, você perceberá que as doutrinas bíblicas não estão desconectadas da realidade. Não são crenças ­obscuras e sem relevância para nossos dias. Ao contrário, elas são claras, atuais e necessárias para nosso mundo complexo, como sempre foram.

Outro ponto que a obra destaca é a progressão da revelação divina. Respeitando os limites da compreensão humana e a coerência do que já nos mostrou no passado, Deus está em contínua demonstração de Si mesmo e de Seu amor. Embora Razões Para Crer reúna as crenças bíblicas com a perspectiva adventista, o livro não parte do pressuposto equivocado de que exista um credo fechado e uma palavra final sobre a teologia. Deus está em movimento e Sua mensagem também. Se estivermos conectados à influência do Espírito Santo, nossa compreensão sempre estará em constante evolução. A Bíblia confirma essa visão (ver Pv 4:18). Ellen White vai na mesma linha ao afirmar que “não devemos pensar: ‘Temos toda a verdade, compreendemos o pilar principal de nossa fé e devemos descansar nesse conhecimento’” (Advent Review, 25 de março de 1890).

Razões Para Crer foi organizado por Gerald Klingbeil. Doutor em Estudos do Antigo Oriente Próximo pela Universidade Stellenbosch, ele atua como editor associado das revistas Adventist World e Adventist Review. Autor de centenas de artigos, palestrante apreciado, Gerald é apaixonado pelo estudo da Bíblia. Nesta obra, ele deseja que os leitores também experimentem a maravilha de compreender e vivenciar o que Deus ensina no livro sagrado. De acordo com Klingbeil, o estudo das crenças bíblicas “é fonte de alegria e prazer”. Segundo ele, nem todo mundo percebe isso por existir “uma intoxicação que afeta o paladar espiritual, e esse fato distorce a percepção do sabor delicioso das Escrituras”.

O objetivo principal da publicação de Razões Para Crer é fazer os leitores perceberem o prazer real que existe em conhecer e viver os ensinos da Palavra de Deus. A Bíblia oferece uma experiência integral. Por isso, entenda e sinta o amor de Deus. Você tem pelo menos 28 razões para isso.

TRECHO

“No processo de desenvolvimento da fé, os cristãos podem passar por muitas dores. Mas a alegria de crescer em Cristo supera qualquer perda aparente ou experiência dolorosa. Crescer em Cristo significa deixar de se dedicar às forças das trevas para ser fiel e submisso apenas a Cristo. Envolve passar tempo de qualidade com o novo Mestre, pelo estudo da Bíblia e uma dinâmica vida de oração e comunhão. Também significa crescer na fé e no amor a Deus e ao próximo, e alcançar a maturidade espiritual em todos os aspectos da vida” (p. 56).

VINÍCIUS MENDES é pastor e editor de livros na CPB

Sobre Da Redação

Da Redação
Equipe da Revista Adventista

Veja Também

Reconhecimento

1 minuto de leitura Crédito da imagem: Reprodução da revista Time Um menino adventista de …