Atenção especial

2 minutos de leitura

Conheça um projeto que auxilia crianças com dificuldades de aprendizagem

Wiliane Passos

Lançada em 2003, a iniciativa envolve professores e alunos de vários cursos de graduação da Faculdade Adventista da Bahia (FADBA). Foto: Tamily Rebeca

“Um sorriso para você”. Esse é o nome de um projeto desenvolvido por estudantes e professores da Faculdade Adventista da Bahia (Fadba) com mais de 30 crianças com necessidades educacionais especiais (NEE) que realizam sessões de fisioterapia na clínica-escola da instituição localizada no município de Cachoeira (BA).

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) estima que, em todo o mundo, 150 milhões de crianças possuem alguma deficiência, seja visual, auditiva, motora ou intectual, em grau leve ou acentuado. E a maioria delas vive em países em desenvolvimento como o Brasil.

Ações cotidianas como sentar-se, levantar-se ou apenas mudar de posição podem parecer simples para muita gente, mas algumas crianças dependem de acompanhamento fisioterapêutico para realizar esse tipo de movimento. Outras também têm bastante dificuldade para aprender. Foi considerando necessidades como essas que nasceu o projeto psicopedagógico e multidisciplinar da Fabba. A iniciativa tem ajudado tanto crianças com NEE quanto seus familiares a alcançar mais qualidade de vida e inserção social. São atendidas crianças com paralisia cerebral, autismo, síndrome de Down, hidrocefalia, mielomeningocele, entre outras patologias relacionadas.

Um levantamento realizado em 2019 pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) constatou que o percentual de pessoas com alguma deficiência era maior nas comunidades de média e baixa renda (link.cpb.com.br/bc0aba). Priorizando esse público, os voluntários da Fadba oferecem assistência a partir da clínica-escola da Fadba. Ali as crianças participam de sessões de fisioterapia ou recebem suporte pedagógico. Paralelamente, os pais/cuidadores têm acesso à assistência psicológica, odontológica, espiritual e nutricional, além de orientações sobre administração financeira. Considerando que a maioria das crianças atendidas se enquadra em grupos de vulnerabilidade social, as famílias também têm sido atendidas com ­cestas básicas e itens de higiene.

“Ao mesmo tempo que beneficia as famílias e as crianças, o programa contribui para o desenvolvimento profissional dos universitários que atuam como voluntários”, observa a doutora Adriene Corrêa, coordenadora da iniciativa.

Outro objetivo do projeto é promover a inclusão escolar por meio de ações que ajudem no desenvolvimento social e cognitivo das crianças com NEE matriculadas no ensino regular. Inclusive, aquelas que mais precisam recebem apoio individual de professores e alunos de Pedagogia. E algumas têm sido encaminhadas para o Colégio Adventista da Bahia, situado dentro da Fadba, que possui espaço multifuncional para apoiar as crianças e adolescentes com NEE.

O projeto de extensão universitária está atrelado também a um grupo de pesquisa, composto por professores e alunos dos cursos de Fisioterapia, Psicologia e Pedagogia. E os resultados já foram apresentados em eventos como o Congresso Internacional de Educação Especial, promovido pela DISES (Division of International Special Education and Services).

O programa “Um sorriso para você” tem contado com o apoio de doações. E uma campanha está sendo realizada com o objetivo de levantar recursos para a aquisição de novos equipamentos para o atendimento às crianças. Para colaborar, acesse o perfil do Instagram @umsorriso_pravoce ou facebook.com/sorrisofadba.

WILIANE PASSOS é jornalista e atua como assessora de comunicação da Faculdade Adventista da Bahia (FADBA)

(Publicada originalmente na edição de outubro de 2021 da Revista Adventista)

Última atualização em 11 de outubro de 2021 por Márcio Tonetti.

Sobre Da redação

Da redação
Equipe RA

Veja Também

Recuperação da aprendizagem

Professor compartilha anseios experimentados durante a quarentena e desafios das escolas no retorno às aulas presenciais.