Bulgária em festa

2 minutos de leitura

ADRA celebra 30 anos no país europeu com a inauguração de um centro médico-social

Ivalina Ilieva

Foto: ADRA Bulgária

Há três décadas, a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) atua em território búlgaro. Para marcar a comemoração dessa data, foi estabelecido um centro médico-social na cidade de Pazardzhik, região centro-oeste do país.

As instalações foram construídas com múltiplos objetivos: garantir a prevenção de doenças, realizar ­check-ups médicos e tratamentos dentários gratuitos, organizar e conduzir treinamentos psicoterapêuticos, seminários, conferências e proporcionar o espaço para que haja desenvolvimento do empreendedorismo social e outras atividades.

O centro de serviços está numa área total de 390 metros e dispõe de 10 quartos com grande estacionamento. O custo do projeto é avaliado em 17,2 mil dólares. Por essa quantia, a equipe da ADRA e seus voluntários puderam não apenas construir as instalações, mas também equipá-las.

Foto: ADRA Bulgária

SERVIÇOS

Esse novo espaço tem consultório odontológico e consultório médico com doppler, ultrassom, máquinas de densidade óssea e eletrocardiogramas, dispositivos de triagem e muito mais. Há também uma sala separada na qual está planejada a organização do empreendedorismo social com representantes locais de grupos vulneráveis. Além disso, o enlatamento de óleos essenciais de mel de abelha e lavanda faz parte do programa social.

Marian Dimitrov, diretora da ADRA Bulgária, lembra que em um ano o lugar passou de um campo estéril para o belo centro atual. “Apesar da ­pandemia, da guerra e da inflação, estamos atendendo os moradores de Pazardzhik para diagnosticar inúmeras doenças cedo o suficiente para evitar consequências mais graves para a saúde da população.”

Thomas Petracek, chefe de programas e resposta a emergências da ADRA Europa, disse que as atividades assistem às necessidades das pessoas e cumprem fielmente o lema de compartilhar compaixão, justiça e amor.

As instalações e os equipamentos partiram da parceria financeira da ADRA e de outra ONG cristã cujo representante mencionou na inauguração que essa iniciativa é realmente a celebração de um milagre, a concretização de uma ideia incrível para abençoar a vida de muitos.

ABRANGÊNCIA E INFLUÊNCIA

A cerimônia de inauguração contou com a presença de autoridades municipais não apenas da cidade de Pazardzhik, mas também de cidades menores próximas que planejam enviar os moradores vulneráveis para os exames na esperança de encontrar cura e cuidados.

O centro médico-social da cidade de Pazdzhik é o segundo desse tipo no país. O primeiro foi estabelecido há 20 anos na comunidade cigana em Kyustendil. Ali foram ­construídas 20 casas para as famílias mais necessitadas. Graças à ADRA e à Igreja Adventista, a comunidade local já foi influenciada a ponto de praticamente não haver família sem representantes adventistas. Mas esse não é o ponto principal, pois o objetivo é ajudar as pessoas que carecem de atendimentos médico-sociais.

O pastor Milen Georgiev, presidente da Igreja Adventista na Bulgária, comemora a parceria da denominação e da agência humanitária que permite apoiar cada vez mais a sociedade e ampliar os projetos.

(Notícia publicada na edição de agosto da Revista Adventista / Adventist World)

Sobre Da Redação

Da Redação
Equipe da Revista Adventista

Veja Também

O alcance dos livros didáticos

Os materiais produzidos pela CPB têm sido utilizados inclusive por escolas não adventistas. E um evento realizado na editora contribuiu para fortalecer essas parcerias.