Clínica para refugiados

1 minuto de leitura
ADRA e ONG adventista se unem para construir unidade de emergência em campo de refugiados no Iraque

Segundo relatório divulgado nesta segunda-feira (19) pelo Alto Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur), o número de refugiados e deslocados no mundo atingiu 65,6 milhões de pessoas no ano passado. A atual crise humanitária é considerada a mais grave desde a fundação da ONU, em 1945. A Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA) e a ONG Adventist Help estão entre as entidades que têm ajudado a atender pessoas que foram forçadas a se deslocar de suas casas, em decorrência de conflitos e perseguição política ou religiosa. No Iraque, elas se uniram para  estabelecer uma clínica médica para refugiados Erbil, quarta maior cidade do país. A estrutura será a única unidade de emergência para os cinco campos de refugiados que existem na região. Veja no boletim da ANN (Adventist News Network) desta semana.

Última atualização em 16 de outubro de 2017 por Márcio Tonetti.

Sobre Da redação

Da redação
Equipe RA

Veja Também

Modelos de liderança

Livro reflete sobre o papel do pastor e do ancião no cumprimento da missão adventista.