Evangelismo puro e simples

2 minutos de leitura

Nova Bíblia Missionária oferece linguagem atualizada e ferramentas para o ensino

André Vasconcelos e Guilherme Silva


Você já desejou estudar a Bíblia com um familiar, amigo ou conhecido, mas acreditou que seria complicado? Chegou a pensar que seria melhor pedir a ajuda de alguém mais experiente? Ou então já imaginou que seria difícil para seu interessado assimilar o conteúdo apresentado? Para ajudar todos a se envolverem na proclamação do evangelho, a sede sul-americana da Igreja Adventista e a CPB, em parceria com a Sociedade Bíblica do ­Brasil (SBB), acabam de lançar a nova Bíblia Missionária. Ela vem acompanhada do recém-produzido guia de estudos Jesus: Restaurador da Vida, além de outras inovações.

As novidades dessa excelente ferramenta missionária começam com o texto bíblico adaptado à linguagem atual, produzido pela SBB. Lançada em 2017, a versão Nova Almeida Atualizada (NAA), na definição dos editores, traz um texto “clássico, mas atual”, que privilegia a facilidade de compreensão do conteúdo.

Esse mesmo princípio norteou o preparo do estudo Jesus: Restaurador da Vida. As 20 lições apresentam as doutrinas adventistas com enfoque em Cristo. Cada estudo começa com um relato dos evangelhos e segue com perguntas e respostas que falam sobre Jesus e Seus ensinos. O guia de estudos também oferece orientações para fortalecer o relacionamento do novo discípulo com a igreja.

Além do guia disponível no fim da Bíblia, também é possível utilizar o mesmo estudo organizado em cadeia, indo de um verso ao outro ao longo do texto sagrado. Os versos utilizados são marcados em laranja e comentados, de modo a servir como ponto de partida para o diálogo entre o instrutor e o interessado. Outra novidade da edição recém-lançada é a utilização de infográficos da série Bíblia Mais. Esses recursos apresentam explicações doutrinárias de modo didático e atrativo para as novas gerações.

Na seção Missão, o leitor encontra orientações práticas para ministrar estudos bíblicos de maneira presencial e on-line. Também é orientado acerca da arte de motivar decisões em favor do evangelho. A seção ainda traz orientações sobre envolvimento missionário em diversas iniciativas da igreja. Se desejar, o leitor pode obter mais instruções em vídeos acessados por meio de QR Codes. Explicações para textos bíblicos controvertidos e uma seção com materiais auxiliares, como mapas, gráficos e diagramas proféticos, continuam presentes, seguindo a edição anterior.

Com uma tiragem inicial de 750 mil unidades e capas que atendem ao perfil diversificado do público, a Bíblia Missionária é uma ferramenta de grande utilidade para envolver todos na pregação do evangelho. Ao realizar essa iniciativa, a liderança da igreja na América do Sul demonstra de forma prática que o alvo principal não está simplesmente em crescer em número de membros, mas em ampliar de maneira consistente a participação de cada adventista na missão de ir, fazer ­discípulos, ensinar e batizar (Mt 28:19, 20). Antes que Cristo volte, é preciso que você responda à grande comissão, e diga também: “Eu vou!”

TRECHO

“Estudar a Bíblia com alguém é ganhar um amigo para a eternidade. Esse não é um relacionamento que se encerra com o batismo. Portanto, o primeiro passo para motivar decisões positivas é se interessar verdadeiramente pelas pessoas e estabelecer com elas um relacionamento pessoal de confiança que seja duradouro e alicerçado na Bíblia” (p. 1219).

ANDRÉ VASCONCELOS e GUILHERME SILVA são editores de livros na CPB

(Resenha publicada na edição de novembro de 2021 da Revista Adventista)

Última atualização em 22 de novembro de 2021 por Márcio Tonetti.

Sobre Da redação

Da redação
Equipe RA

Veja Também

Gestão responsável

O conceito de responsabilidade ambiental, social e corporativa e seu efeito na igreja.