Atenção

Medicina de ponta

1 minuto de leitura
Centro Médico da Universidade de Loma Linda é referência em várias especialidades, aponta novo ranking divulgado nos Estados Unidos

O Centro Médico da Universidade de Loma Linda (LLUMC, na sigla em inglês), na Califórnia (EUA), foi eleito pela revista US News & World Report o melhor hospital norte-americano da região de Riverside e San Bernardino, além de ser considerado referência nacional em várias especialidades.

As áreas nas quais a instituição recebeu maior destaque foram ginecologia, gastroenterologia e cirurgia gastrointestinal, neurologia e neurocirurgia, ortopedia e urologia. Além disso, procedimentos como reparo do aneurisma da aorta abdominal, intervenções no caso de insuficiência cardíaca congestiva e cirurgia de câncer de cólon também receberam pontuação alta.

Para a classificação de 2018-2019, foram avaliados 4,5 mil centros médicos em todo o país em 25 especialidades, procedimentos e tratamentos. No total, 158 hospitais foram classificados em pelo menos uma especialidade. Nos rankings por estado e regiões metropolitanas, o levantamento reconheceu os hospitais americanos de alto desempenho em várias áreas de atendimento.

A lista, que serve de referência para médicos e pacientes, é feita por uma prestigiada empresa de pesquisa no país com base em medidas objetivas como taxas de sobrevivência e readmissão ajustadas ao risco, experiência e segurança do paciente, qualidade da equipe de enfermagem, entre outros indicadores relacionados ao cuidado.

“O reconhecimento é um testemunho de toda a equipe, que todos os dias cumpre a missão de ampliar o ministério de ensino e cura de Jesus Cristo, oferecendo cuidados da mais alta qualidade aos pacientes”, disse Kerry Heinrich, CEO do Centro Médico da Universidade de Loma Linda.

Novo robô oferece feedback tátil e permite que os médicos controlem o dispositivo com os olhos. Foto: Florida Hospital News

Recentemente, outro hospital adventista norte-americano se destacou ao se tornar a primeira instituição de saúde do país a usar um novo tipo de sistema cirúrgico robótico. O robô do Hospital da Flórida oferece feedback tátil e permite que os médicos controlem o dispositivo com os olhos. Conhecida como TransEnterix Senhance, a tecnologia também entrou para a história da medicina como o primeiro sistema cirúrgico robótico a receber a aprovação da Food and Drug Administration (FDA) desde 2000 (para ler mais, clique aqui). [Com informações de Sheann Brandon, da Universidade de Loma Linda, e do Florida Hospital News]

Última atualização em 27 de agosto de 2018 por Márcio Tonetti.

Sobre Da redação

Da redação
Equipe RA

Veja Também

Nem só de pão

Os benefícios do jejum, que vão além dos aspectos espirituais e físicos, precisam ser redescobertos e reivindicados pelos cristãos.