Atenção

Nova Escola de Medicina

2 minutos de leitura
Centro de formação de médicos de Ruanda é o sétimo implantado pela Igreja Adventista ao redor do mundo
Prince Bahati
Estrutura onde funcionará a nova Escola de Medicina adventista, inaugurada no início do mês na capital de Ruanda. Foto: Lisa Beardsley-Hardy

No dia 2 de setembro, foi inaugurada a sétima Escola de Medicina da Igreja Adventista ao redor do mundo. O novo centro de formação de profissionais da saúde fica em Kigali, capital de Ruanda. A cerimônia contou com a presença do presidente do país africano, Paul Kagame, e do líder mundial dos adventistas, pastor Ted Wilson.

Quatro edifícios irão comportar um complexo científico com nove laboratórios e salas de aula “inteligentes”, restaurante e dormitório de estudantes. Também foi construída uma área de residências para hóspedes.

No ato de inauguração, o pastor Blasious Ruguri, presidente da Divisão Centro-Leste Africana, reiterou que a nova faculdade adventista de Medicina era um projeto que estava além das capacidades financeiras locais. Por isso, ele agradeceu especialmente à sede mundial da igreja por ter direcionado para o projeto as ofertas missionárias mundiais de 2016. Ruguri ainda reconheceu o esforço dos membros da igreja nos 11 países que compõem esse território administrativo.

Em visita ao país para participar das celebrações do centenário do adventismo em Ruanda, o pastor Ted Wilson parabenizou a liderança da recém-criada instituição e agradeceu ao presidente Paul Kagame o apoio nas áreas de infraestrutura e liberdade religiosa.

Acompanhado da primeira-dama, Janet, o presidente de Ruanda elogiou a Igreja Adventista por fazer da saúde um pilar do evangelismo e desenvolvimento. Ele também elogiou os adventistas por contribuírem para o desenvolvimento do país ao longo de um século de presença da denominação no território ruandês. Em seu discurso, Kagame ainda prometeu apoio para a segunda fase do projeto, que incluirá a construção de um hospital universitário.

O líder mundial desafiou a liderança adventista local a não apenas exibir edifícios esplêndidos, mas a buscar uma educação de qualidade dentro deles. “Deus, o Médico dos médicos, usará esta escola e seus graduados para aprofundar ainda mais o ministério da saúde como o braço direito do evangelho no preparo para a breve vinda de Cristo”, o pastor Wilson destacou.

A escola de medicina fica no campus principal da Universidade Adventista da África Central (AUCA, na sigla em inglês). Trata-se da segunda desse tipo no continente africano.

PRINCE BAHATI é líder de comunicação da Divisão Centro-Leste Africana

Última atualização em 26 de setembro de 2019 por Márcio Tonetti.

Sobre Da redação

Da redação
Equipe RA

Veja Também

Nem só de pão

Os benefícios do jejum, que vão além dos aspectos espirituais e físicos, precisam ser redescobertos e reivindicados pelos cristãos.