Atenção

Primeiro presidente adventista

2 minutos de leitura

Parlamento das ilhas Fiji elege um adventista para a presidência da nação

novo presidente das ilhas fiji e adventista
General adventista, que já estudou em Harvard, exercia o cargo de ministro de Emprego, Produtividade e Relações Industriais. Créditos da imagem: acervo do governo de Fiji
O novo presidente das ilhas Fiji, no Pacífico Sul, é um adventista do sétimo dia. Com 31 votos a favor e 14 contra, o general-de-divisão Jioji Konrote foi eleito pelo parlamento no dia 12 de outubro para um mandato de três anos. É a primeira vez que um membro da igreja assume a presidência da nação.

A cerimônia de posse de Konrote, que exerce a função de ministro de Emprego, Produtividade e Relações Industriais, está prevista para ocorrer no dia 5 de novembro.

Em um anúncio oficial sobre a nomeação, conforme informou a agência internacional de notícias da Igreja Adventista (ANN), o primeiro-ministro de Fiji, Frank Bainimarama, disse que o general adventista é “um modelo de lealdade, coragem e devoção como comandante militar, de honestidade e dedicação como ministro, e de tato e perseverança como um diplomata”.

Konrote tem um longo currículo como militar e diplomata. Ele é o único fijiano a ser nomeado comandante da Força Interina das Nações Unidas no Líbano e secretário-geral adjunto das Nações Unidas. Ele tem servido como o Alto Comissariado da ONU para a Austrália e Fiji, além de embaixador plenipotenciário para Cingapura. Em 2006, foi eleito membro do parlamento de Fiji e, desde então, tem servido como ministro.

Segundo informou a ANN, Jioji Konrote é um membro ativo da igreja, servindo como ancião de uma congregação adventista na capital, Suva, a cidade mais populosa e principal centro cultural e turístico das ilhas Fiji. Bastante respeitada no arquipélago, a Igreja Adventista conta com aproximadamente 25 mil fiéis e 260 congregações nesse país, de acordo com dados do departamento de Arquivos, Estatísticas e Pesquisa da sede mundial adventista. No entanto, mais de um quarto dos habitantes da nação, formada por 322 ilhas, segue o metodismo. O adventismo começou a marcar presença na região do Pacífico Sul a partir de 1890 por meio do navio missionário “Pitcairn”, que saiu de San Francisco (EUA) em direção às ilhas dessa parte do globo.

Saiba +

Com uma população de aproximadamente 900 mil habitantes, Fiji viveu situações políticas delicadas nos últimos anos. Foram três golpes de Estado e uma tentativa de sublevação desde que conquistou sua independência, em 1970. Curiosamente, hoje a república parlamentarista é governada pelo mesmo militar que promoveu o golpe de 2006. Frank Bainimarama assumiu como primeiro-ministro em 2014, após ganhar as eleições que consumaram o retorno à democracia. [Equipe RA, da redação / Com informações da ANN e do UOL]

LEIA TAMBÉM

Membros da igreja criam a Associação Internacional de Pessoas Públicas

Entenda a posição oficial da igreja sobre a política partidária e os candidatos adventistas

Última atualização em 16 de outubro de 2017 por Márcio Tonetti.

Sobre Da redação

Da redação
Equipe RA

Veja Também

Novas diretrizes para as igrejas na pandemia

Liderança sul-americana da Igreja Adventista vota novo documento com diretrizes para cultos e reuniões presenciais e virtuais.