Recreio saudável

2 minutos de leitura
Franquia da Superbom oferece alternativas vegetarianas para o lanche dos estudantes
O Centro Educacional Adventista Milton Afonso (CEAMA), em Brasília, é o primeiro a receber a franquia. Até fevereiro de 2016, mais 13 lanchonetes serão instaladas em escolas adventistas. Foto: Anderson Uesley
O Centro Educacional Adventista Milton Afonso (CEAMA), em Brasília, é o primeiro a receber a franquia. Até fevereiro de 2016, mais 13 lanchonetes serão instaladas em escolas adventistas. Foto: Anderson Uesley
No ano em que a Superbom completa nove décadas de história, a empresa alimentícia especializada em alimentação vegetariana e vegana expande seus negócios e firma uma parceria inédita com a rede educacional adventista. Sob o nome SuperVeg, a indústria vai marcar presença nas escolas adventistas de todo o país e cooperar para mudar os hábitos alimentares dos estudantes.

O pontapé inicial foi dado no dia 17 de maio, com a inauguração da primeira lanchonete da rede no Centro Educacional Adventista Milton Afonso (CEAMA), em Brasília.

O espaço tem 20 m² e pode atender mil alunos. Com a presença de líderes sul-americanos, como os pastores Erton Köhler e Edgard Luz, 16 alunos encenaram uma música desenvolvida especificamente para a marca SuperVeg.

VANTAGENS

Mais do que um novo modelo de negócio para a Superbom, a iniciativa contribui para uma mudança de hábitos alimentares dos estudantes. A franquia conta com receitas exclusivas, todas desenvolvidas por chefs e nutricionistas para garantir alimentos verdadeiramente saudáveis e atrativos, tanto na apresentação quanto na textura, aroma e sabor. A proposta da marca é oferecer melhores opções para o fast-food das crianças e adolescentes, como pão de queijo e minipizza com queijo vegano, sanduíche e cachorro-quente com proteína vegetal, cupcake e fruta picada e fracionada.

Para os pais, a novidade é que poderão controlar o cardápio e os gastos dos filhos por meio de uma plataforma online. O recurso oferece acesso à composição e tabela nutricional de cada lanche e possibilita o bloqueio do consumo de algum alimento para o qual a criança seja intolerante, como glúten ou lactose. Por meio do sistema é possível também comprar créditos e estabelecer limites financeiros de consumo diário. As transações são feitas por meio de totem e cartão magnético.

A vantagem para as escolas e colégios é que as cantinas podem deixar de operar de forma caseira, passando a contar com equipamentos modernos e que seguem padrões mais rigorosos de processamento alimentar. Com alimentos padronizados, a unidade escolar pode controlar com mais precisão o custo de cada lanche e contar com o apoio da franqueadora para disponibilizar outros lanches que atendam melhor ao paladar regional.

APROVAÇÃO

A orientadora educacional do Ceama, professora Maria Laura Messias, conta que uma das razões para a escola fechar a parceria com a Superbom foi a constatação de que muitos alunos estavam lidando com a intolerância à lactose e ao glúten. A educadora acrescenta que faz parte da filosofia educacional adventista oferecer orientação quanto à alimentação. “Em nossa escola, além do meio período, também oferecemos período integral e, portanto, várias refeições diárias”, justifica, ao explicar a grande demanda do colégio que tem 878 estudantes.

Eidi Ribeiro, mãe de dois alunos que estudam em período integral no Ceama, aplaudiu a parceria: “Tive que mudar completamente meus hábitos alimentares por causa de um câncer. Fico feliz de ver que meus filhos já estão crescendo com uma alimentação de excelente qualidade nutricional e terão menos chances de ter problemas de saúde causados por má alimentação.”

“Estamos em negociação para a abertura de mais 13 unidades até fevereiro de 2016. Nossa expectativa é cobrir todas as 450 instituições de ensino da rede adventista no Brasil em três anos e então abrir a franquia para centros comerciais”, projeta David Oliveira, gerente de marketing da Superbom. O projeto já nasce afiliado à Associação Brasileira de Franchising (ABF) e, portanto, segue todos os parâmetros do órgão.

MÁRCIA EBINGER é assessora de comunicação da sede sul-americana da Igreja Adventista

Última atualização em 16 de outubro de 2017 por Márcio Tonetti.

Sobre Da redação

Da redação
Equipe RA

Veja Também

Líder mundial adventista visita presidente das Filipinas

1 minuto de leitura Em sua primeira viagem internacional desde o início da pandemia, o …